• 10 coisas para fazer em Florianópolis

    Florianópolis 03

    Praia Mole

    A Capital de Santa Catarina, Florianópolis, pode ostentar o título de cidade com maior número de praias do Brasil, já que a cidade pega uma parte do continente, a ilha principal, e algumas ilhotas que ficam ao redor. Se tem uma coisa que o visitante não pode reclamar é a quantidade de praias, já que catalogadas são cerca de 42 praias para todos os gostos. Desde praias calmas a praias mais badaladas e movimentadas. Florianópolis ainda se desataca por possuir o título de cidade com maior IDH do Brasil (Índice de Desenvolvimento Humano), fazendo com que uma revista de grande circulação nacional a classificasse como a melhor cidade para se viver no país.
    Com uma economia baseada no aspecto cultural e no potencial turístico, Florianópolis tem atraído cada vez mais eventos para a cidade. Listamos dez coisas que consideramos importantes para fazer na cidade e conhecer um pouco da capital catarinense.

    Florianópolis para praianos e não praianos

    01. VISITE A PRAIA DA DANIELA
    Situada na porção norte da Ilha de Santa Catarina, a praia é uma das mais calmas da região e seu aspecto geográfico é de encher os olhos do visitante. Uma faixa de terra e vegetação que invade o mar e se mistura com mansões de luxo e casas tradicionais. Há um ar de tranquilidade e poucas barracas na praia, ideal para quem gosta de pouca badalação e encara a praia como um programa de descanso. O que atrai o turista nas praias de Florianópolis são suas águas mornas e calmas. Para um maior contato com natureza é recomendado passear pelo manguezal que fica próximo da praia, se você não se importar em pisar na lama.

    02. VISITE A PRAIA DE JURERÊ
    Aqui é a praia para quem gosta de um pouco mais de badalação. São dois mundos que se encontram aqui, pois de um lado temos os hotéis, pousadas calmas, casas de veraneio e a predominância de famílias. Do outro lado você pode encontrar os bares mais badalados, festas ao som de música eletrônica, mas uma coisa é comum para os dois mundos: a faixa longa de areia clara e as águas calmas e mornas. Alguns costuma dizer que Jurerê é a Miami Beach brasileira.

    Florianópolis 04

    Casa da Alfândega

    03. DÊ UM PASSEIO PELO MERCADO PÚBLICO E PELA CASA DA ALFANDEGA
    Depois de anos de reforma, o Mercado Público foi entregue para a população da cidade em agosto de 2015. Um espaço ideal para circular e ver as peças artesanais produzidas na cidade. Aqui é possível experimentar as diversas cervejas artesanais que vendem nos bares. Já a Casa da Alfândega é ideal para fazer compras de artesanatos. As peças vendidas aqui são selecionadas entre as melhores produzidas na região e tudo isso emoldurado por um prédio construído em 1876.

    Compre passagens aéreas com tarifas reduzidas.

    04. PASSE UMA TARDE NO PALÁCIO CRUZ E SOUSA
    Aqui já foi conhecido como Palácio Rosado e foi sede do governo após o fim do regime de capitanias hereditárias. O prédio sofreu diversas reformas e perdeu seu aspecto colonial, mas ganhou adornos e decoração mais modernos. Ele ainda recebeu as vistas ilustres de D. Pedro I em 1826 e de D. Pedro II em 1845 e 1865. Atualmente o palácio abriga o Museu Histórico de Santa Catarina que saiu da Casa da Alfândega em 1986. Os principais momentos da história da cidade ocorreram por aqui, então é uma casa de orgulho para os habitantes. Um dos itens curiosos do acervo é a primeira lâmpada elétrica residencial de Santa Catarina.

    Florianópolis 04

    Fortaleza de São José da Ponta Grossa

    05. FAÇA UM TOUR PELAS FORTALEZAS DE FLORIANÓPOLIS
    Pelo menos 03 fortalezas defenderam a Baía Norte da ilha de piratas e invasores e foram de extrema importância para a defesa da cidade. Esse tipo de passeio te dá uma dimensão do que essa região significou para a história do país. São elas:
    Fortaleza de São José da Ponta Grossa – é a única fortaleza da cidade com acesso por terra. O ideal é entrar na Casa do Comandante, onde é possível ver uma exposição de antigas fotografias da época que o espaço funcionava como fortaleza;
    Fortaleza de Santo Antônio de Ratones – Um dos mais bonitos e mais interessantes entre os três, pois parte dela foi restaurada e o acesso é por mar, diferente da maioria das fortalezas do Brasil. O passeio tem início na Praia de Sambaqui e é ideal para levar crianças;
    Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim – A fortaleza fica na ilha de Anhatomirim e é uma das mais bem preparadas para receber o turista. A maioria dos barcos e escunas com turistas fazem daqui seu ponto de parada, já que a fortaleza ocupa quase toda a ilha.

    06. VISITE O PROJETO TAMAR
    É sempre bom ter contato com a natureza. Essa base do Projeto Tamar possui vários tanques onde as tartarugas são mantidas e recebem os cuidados necessários. Em alguns casos é possível ter contato com elas e as crianças adoram esse passeio. Há ainda um centro de exposição com a história do projeto e vários tanques com diferentes estágios de crescimento.

    07. DÊ UM PASSEIO POR RIBEIRÃO DA ILHA
    Esse vilarejo fica cerca de 25 Km do centro de Florianópolis e guarda aquele clima de ar de cidade pequena. Suas casas coloridas e ruas limpas e bem cuidadas vão te fazer apaixonar por esse lugar. Aqui é o maior produtor de ostras do Brasil e possui inúmeros restaurantes e alguns de nome internacional. Os moradores são bem simpáticos e estão sempre dispostos a contar histórias do local.

    Veja as opções de hospedagens com descontos exclusivos.

    08. OBSERVE AS BALEIAS QUE PROCURAM A COSTA CATARINENSE
    Até 2013 era possível pegar um barco e ir até 80 Km mar à dentro, mas a pedido de uma ONG internacional, a justiça suspendeu o passeio de observação. Mas não tem problema, pois é possível ver essas baleias entre os meses de Junho e Outubro, quando elas procuram águas mais quentes para dar à luz aos filhotes e amamentá-los. Da Praia de Armação é possível avistá-las em seu balé pelas águas e com a ajuda de um binóculo você poderá ver ainda mais de perto.

    Florianópolis 06

    Santo Antônio de Lisboa

    09.UMA VISITA À BUCÓLICA VILA DE SANTO ANTÔNIO DE LISBOA
    Aqui foi um dos primeiros bairros de Florianópolis e fica a menos de 20 Km do centro. Aqui era um recanto açoriano que recebeu muitos imigrantes entre os séculos XVII e XVIII e que ajudaram a construir a cidade. Talvez por isso, você consiga ver tantos traços portugueses, seja na arquitetura ou na culinária. Um lugar com ar bucólico onde o tempo parece ter parado. É possível encontrar uma igreja de 1756, a Igreja de Nossa Senhora das Necessidades. As ostras são o principal ingrediente dos diversos pratos servidos no bairro. Não deixe de percorrer as ruas e visitar as lojas de artesanatos locais.

    10. FAÇA UMA DAS TRILHAS DE FLORIANÓPOLIS
    Como a ilha tem diversos parques protegidos, é possível também encontrar trilhas lindíssimas para aproveitar tudo que a natureza pode oferecer. Esse é o tipo de programa ideal para quem gosta de andar ou pedalar. Na maioria delas, além da natureza, é possível contemplar vistas panorâmicas, inscrições rupestres, a fauna e a flora típicas da mata atlântica. Um verdadeiro baú do tesouro para amantes da natureza. Segue a lista de algumas que são possíveis desbravar, mas vale lembrar que é recomendado contratar o serviço de um guia local:
    Trilha Barra da Lagoa até Galheta: tempo médio de 2 horas;
    Trilha Ilha do Campeche: tempo médio de 2 horas e meia;
    Trilha Naufragados: tempo médio de 50 minutos;
    Trilha Ratones até a Ilha da Conceição: tempo médio 30 minutos;
    Trilha Cachoeira da Solidão: tempo médio 15 minutos;
    Trilha do Poção Córrego Grande: tempo médio de 20 minutos;
    Trilha Lagoa do Peri até Ribeirão da Ilha: tempo médio de 3 horas e 30 minutos;
    Trilha Praia do Gravatá: tempo médio de 30 minutos;
    Trilha Caminho da Costa: tempo médio 4 horas;
    Trilha Morro das Aranhas: tempo médio de 1 hora;
    Trilha do Macaco: tempo médio de 3 horas;
    Trilha Ecológica do Rio Vermelho; Tempo médio de 1 hora e meia;
    Trilha Lagoinha do Leste: tempo médio de 2 horas e 50 minutos;
    Trilha Monte Verde até Costa da Lagoa: tempo médio de 2 horas;
    Trilha Prainha do Saquinho: tempo médio de 2 horas e 30 minutos.
    Florianópolis 07
    Como você pôde constatar, Florianópolis oferece uma gama de atividades para todo tipo de gosto. É possível, por exemplo, fazer um passeio apenas cultural. Ou você pode fazer um passeio apenas ecológico. A escolha é sua!
    A De Passaporte preparou uma campanha especial para incentivar as pessoas a desbravarem o Brasil. São passagens aéreas com descontos especiais e hospedagens com tarifas reduzidas em várias datas no ano. É só traçar um roteiro e deixar a economia por nossa conta. Acesse nosso site especial e faça uma pesquisa: depassaporte.com.br/lazer.

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário