• Revista americana destaca Salvador como polo turístico

    Férias de Julho 09 - Salvador
    A revista americana Condé Nast Traveller, especializada em viagens ao redor do mundo, colocou a cidade de Salvador entre os principais destinos para curtir as férias em 2020. A publicação ressaltou os pontos positivos da cidade e como ela conseguiu unir o velho e o novo, conservando seu passado colonial expresso na arquitetura do centro antigo da cidade.

    A Condé Nast Traveller se apaixonou pela Bahia

    A publicação ainda explica para o leitor a divisão da cidade em Alta e Baixa, o que é um charme que poucas cidades brasileiras possuem. Destacou o
    Salvador 11 por Erick Rabello atual metrô da cidade, que ganhou prêmios de arquitetura pelo mundo pela sua beleza estética e funcionalidade das estações. Além disso, a publicação cita que o metrô consegue ligar o aeroporto ao centro antigo, de forma que o turista consegue se divertir pagando um preço justo.
    Outro ponto de destaque para a revista é a rede hoteleira, com destaque para o Hotel Fasano, que funciona no antigo prédio do Jornal A Tarde e retoma a “Art Deco” e tem pouco tempo de inauguração; e o Hotel do Convento do Carmo, todo em estilo colonial, num dos bairros mais charmosos da cidade, que já serviu de locação até para novela.

    O sol e as praias são os grandes destaques para a revista, bem como o carnaval e a capacidade dos baianos em promover grandes festas e ainda manter o ritmo frenético da cidade.
    Contando com uma pequena assessoria de Wilbert Das, um diretor criativo que foi para a cidade para organizar uma casa de férias e acabou se apaixonado pela cidade e sua cultura, a revista pede conselhos de locais e algumas dicas para se proteger no centro da cidade. Parabéns povo de Salvador!

    Leia mais sobre a matéria aqui: cntraveller.com/article/insider-tips-salvador

    A De Passaporte possui um hotsite exclusivo com passagens aéreas e hospedagens com descontos incríveis para facilitar suas viagens de férias. Faça uma pesquise, arrume as malas e vá conhecer Salvador e suas ladeiras de pedras e igrejas cobertas de ouro. Viajar é viver!
    Acesse: depassaporte.com.br/lazer

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário
  • Para entender o carnaval de Salvador

    SalvadorSe você vai curtir o carnaval de Salvador, temos algumas dicas para entender como funciona o maior carnaval de rua do Brasil e que sempre foi um dos eventos mais comentados do Brasil e chama atenção até em países de fora!
    A festa é contagiante e, mesmo sem dinheiro, é possível brincar todos os dias. Vamos explicar algumas coisas para você que vai pela primeira vez.

    OS CIRCUITOS

    O carnaval de Salvador está dividido em 7 circuitos principais. Alguns, claro, recebem cobertura da imprensa de todo o mundo e se tornaram mais conhecidos, outros ficam restritos ao pessoal que conhece mais as festas locais. Os circuitos recebem nomes de artistas e/ou carnavalescos que foram importantes no processo de construção e difusão do carnaval e da cultura baiana. Só para entender, segue uma breve explicação de cada um:

    Circuito Dodô (também conhecido como Barra-Ondina)
    Foi um circuito criado para atender a demanda de foliões que já não cabiam no centro antigo da cidade. Fica na orla do bairro da Barra e segue até o bairro de Ondina. São cerca de 4 Km de gente, festa, camarotes. Em geral, a turma mais jovem prefere esse circuito, mas os dias mais fortes são a quinta, sexta e sábado. Nos outros dias também tem festa, mas aí o circuito já divide a atenção com o Circuito Osmar.
    PS: Na quarta-feira, antes da folia oficial começar, já tem festa com bandas de sopro pelas ruas da orla. Se estiver em Salvador, não perca!

    Circuito Osmar (também conhecido como “avenida”)
    Esse é o circuito tradicional do carnaval de Salvador. Acontece nas ruas do centro antigo e sai da Praça do Campo Grande, segue pela avenida 7 de Setembro até a Praça Castro Alves. Com o fortalecimento do carnaval no circuito Dodô, muitos foliões deixaram de ir, mas ele tem seu charme. Em geral, a turma mais tradicional ainda prefere “a avenida”. Na quinta, sexta e sábado de carnaval, costumam desfilar os blocos afros, os blocos de samba e outras agremiações. A partir do domingo, os grandes blocos, com grandes atrações, fazem as festas pelas ruas. O carnaval é emoldurado pelos casarões antigos do centro da cidade.

    Circuito Batatinha (também conhecido como “o carnaval do Pelô”)
    Esse circuito não tem tanto tempo de criação e nasceu com a intenção de resgatar o carnaval de rua antigo, onde não existiam cordas e as pessoas se fantasiavam. O trio elétrico aqui é praticamente proibido. Ele acontece no período da tarde e entra pela noite. São bandas de fanfarras, bandas de sopros, famílias com crianças e muita festa e folia.
    Em 2018 foi montado um palco na Ladeira do Pelourinho e várias atrações se apresentaram. A banda Baiana System foi quem fez um show histórico na terça-feira de carnaval, encerrando a festa.
    PS: Nos dias que o carnaval da Barra está aquecido, vale pular o carnaval no bairro do Santo Antônio Além do Carmo, pois fica do lado do Pelourinho. Não existem regras. Você põe sua fantasia e sai pelas ruas de um dos bairros mais charmosos da cidade. Ele inclusive foi cenário para uma das últimas novela das 21 horas.

    Circuito contra-fluxo
    Esse circuito nasceu para atender uma reclamação antiga dos soteropolitanos. Ele fica na Avenida Carlos Gomes e, por muitos anos, foi forte. Com a divisão da atenção com a Barra, os artistas não queriam passar pela avenida, pois ela praticamente dobrava o trajeto. Antigamente os blocos desciam pela avenida 7 de Setembro e voltavam pela avenida Carlos Gomes. Ainda não foi divulgada a programação que estará nesse circuito, mas a prefeitura da cidade prometeu que revitalizaria o carnaval desse espaço com grandes atrações.

    Circuito Orlando Tapajós (também conhecido como Ondina-Barra)
    Esse circuito começou a ganhar força nos últimos anos. Ele, na verdade, é o circuito Dodô em sentido inverso. As atrações saem do Clube Espanhol, no bairro de Ondina e seguem até o Farol da Barra. Não funciona nos dias de carnaval, pois sua folia acontece alguns dias antes. É nele que acontece o Furdunço, uma festa com trios elétricos menores e sem cordas. Todo o povo misturado e acompanhando as atrações que passam. Acontece no domingo que antecede o carnaval a partir das 16:00h.

    Circuito Mestre Bimba
    Esse circuito é relativamente novo. Nasceu por volta de 2013 e vem ganhando força. De certa forma é como se fosse um carnaval de bairro e acontece em Nordeste de Amaralina. São muitos blocos locais pelas ruas do bairro.

    Circuito Sérgio Bezerra
    Lembra do carnaval de sopros e fanfarras que falei anteriormente e que acontece nas ruas da Barra? Então, esses blocos desfilam nesse circuito. É ideal para pular com amigos, já que ele acontece na quarta-feira do início do carnaval. É mais vazio e mais despretensioso, mas tem um charme único. É comum ver famílias, empresas e grupos de amigos fazendo bloquinhos só deles e acompanhando as bandas de fanfarras.

    VOCÊ SABE A DIFERENÇA ENTRE BLOCO, CAMAROTE E PIPOCA?
    Há uma música da banda Timbalada que dizia: “…E hoje tô feliz é de lhe ver / Com dinheiro ou sem dinheiro / Eu me viro em fevereiro…”. Esse parece ser o lema do carnaval da Bahia. Quem tem dinheiro brinca, quem não tem, também brinca. Entenda aqui o que significam esses termos:

    Pipoca: se você escolhe brincar na pipoca, você não terá que pagar bloco ou camarote e você quem organiza o local, o tempo e o horário que vai brincar o carnaval. A maiorias das pessoas brincam dessa maneira.

    Camarote: já oferece um pouco mais de conforto. Em geral, tem atrações internas que tocam no intervalo entre um bloco e outro, comida, bebida, massagem. Ao longo dos anos, a coisa se especializou tanto que alguns tem até cinema! Você vai precisar desembolsar um pouco mais de dinheiro.

    Bloco: essa é outra maneira de brincar na rua, mas protegido da multidão. Você compra a camisa e fica num espaço delimitado por uma corda. O passeio ocorre em forma de desfile e você tem sua atração preferida tocando por mais de 4 horas.

    Bem, agora você já sabe o mínimo para entender como funciona o maior carnaval de rua do mundo.
    Aqui você pode encontrar passagens aéreas e hospedagens com descontos exclusivos!
    Está esperando o que para escolher seu destino nesse carnaval?

    depassaporte.com.br/carnaval

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário