Icone Telefone

4003-3639
Número Único Nacional (custo de uma ligação local)

Horário de atendimento:

Segunda a sexta das 8h às 18h e sábado das 8h às 16h.

  • O Carnatal está chegando, conheça sua história!

    Carnatal é o carnaval fora de época da cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Realizado anualmente no começo do mês de dezembro, ele é organizado na Praça de Eventos da Arena das Dunas. Está no Guinness Book como o maior carnaval fora de época do mundo, reunindo cerca de um milhão de pessoas nos seus quatro dias de festa. Em 2018 o evento será realizado de 13 à 16 de dezembro.

    O primeiro Carnatal ocorreu no ano de 1991 e foi realizado no centro da cidade, com apenas 3 blocos, entre eles o Bloco Caju, animados por Netinho, Banda Mel e Banda Cheiro de Amor. No circuito, havia 12 camarotes e nenhuma arquibancada. No ano de 1992 é criado o bloco Burro Elétrico, formado pelos jornalistas que cobrem o evento, o bloco Bicho Papão puxado pelo cantor Ricardo Chaves e a banda Asa de Águia com o bloco Jerimum chegam para ficar. Em 1993 a estrutura era maior, com a adição das arquibancadas ao lado do ginásio Palácio dos Esportes e a novidade foi a criação do bloco Nana Banana animado pelo Chiclete com Banana.

    A festa cresceu e, devido a reivindicações de moradores do bairro, teve que ser transferida para o largo do estádio Machadão em 1994, onde foram montados 525 camarotes. Nesse ano já eram 14 blocos e mais de 50 mil foliões. Nos anos seguintes a estrutura continuou a mesma com acréscimos de mais blocos. No ano de 1997, o Carnatal teve a participação de um bloco puxado pelo grupo É o Tchan!, que tinha destacado espaço na mídia, o que contribuiu para divulgação do evento. Em 1999 o Carnatal foi a maior festa das comemorações dos 400 anos da cidade de Natal, foram 10 blocos animados pelos principais artistas da música baiana.

    No ano 2000 o evento trouxe pela primeira vez a banda Harmonia do Samba e o rock invadiu o evento com a apresentação da banda Jota Quest. Neste ano, a cantora Daniela Mercury anunciou que não puxaria mais blocos de trio, sendo sua última micareta, porém voltando em 2002 para dividir o trio com Ricardo Chaves. Em 2001, a cantora Ivete Sangalo volta ao Carnatal depois de sair da Banda Eva. No Carnatal 2002, além da volta de Daniela Mercury, outra novidade foi a estreia da banda Babado Novo no bloco Caju. Em 2003 e 2004 o evento continuou trazendo muitas atrações em diferentes blocos. No Carnatal 2005, a grande novidade foi a estreia do bloco Cerveja & Coco, parceria entre Ivete Sangalo e Asa de Aguia.

    O Carnatal consolidou-se como o principal evento do calendário turístico de Natal. Em 2010 compõe-se de 10 blocos, tais como puxados por bandas e cantores de axé music como também artistas potiguares e bandas de forró que fazem dessa micareta a maior do país.

    Até o ano de 2010, o local do início do percurso fica na Avenida Lima e Silva com a Avenida Prudente de Moraes (largo do Estádio Machadão), no bairro Lagoa Nova. De lá, saia os trios, seguidos pelos foliões, para um percurso de cerca de 3,0 km.

    Mas, com o início das obras da Arena das Dunas, novo estádio para a Copa do Mundo 2014 fez com que o percurso fosse modificado no ano de 2011. Então, o Carnatal 2011 ocorreu no mesmo local com algumas modificações o início do percurso continuou sendo na Av. Prudente de Moraes, mas o ponto de largada dos blocos foi ao lado do autódromo, no sentido zona sul-centro, em vez da antiga rotatória, sem a presença do antigo corredor da folia.

    Em 2013, o Carnatal teve um percurso e local provisório devido obras de mobilidade urbana; assim, o percurso dos trios elétricos invadiu o Parque Aristófanes Fernandes, já em Parnamirim, região metropolitana de Natal.

    Em 2014, o evento voltou para seu local onde se consagrou, sendo realizado na Área Externa da Arena das Dunas, num formato indoor assim como o ano anterior.

    Fontes:
    pt.wikipedia.org/wiki/Carnatal
    carnatal.com.br

    Clicando na imagem abaixo você encontra passagens aéreas, hospedagem, transfer e seguro viagem com tarifas especiais para o período do evento.

    blogcarnatal

     

    Deixe seu comentário
  • Congresso Pan-Amazônico de Ciências Farmacêuticas

    Nos dias 05, 06 e 07.12, Belém será novamente palco de um momento ímpar de intercâmbio técnico-científico e sociocultural da profissão farmacêutica: a 2ª edição do Congresso Pan-Amazônico de Ciências Farmacêuticas.

    Realizado pelo Conselho Regional de Farmácia do Pará sob o tema central “Cuidando do Desenvolvimento Farmacêutico: Uma Travessia para o Futuro”, o momento unirá farmacêuticos, acadêmicos e profissionais de todas as partes da região Pan-Amazônica para discutir os rumos e caminhos em direção futuro da profissão farmacêutica.

    Com temáticas extremamente atuais e debruçando-se sobre a temática do futuro e proatividade, o 2º Congresso Pan-Amazônico de Ciências Farmacêuticas subsidiará o aperfeiçoamento das multifaces de um profissional versátil, evoluído e em consonância com as exigências do ritmo pós-moderno.

    Fonte: congresso.crfpa.org.br

    Clicando na imagem abaixo você encontra passagens aéreas e seguro viagem com tarifas especiais para o período do evento.

    Congresso Pan-Amazônico de Ciências Farmacêuticas

    Deixe seu comentário
  • CONADIS chega em Dezembro!

    O primeiro CONADIS nasceu a partir das provocações das edições anteriores do Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido no sentido de pensar nacionalmente os problemas deste espaço. Nesta perspectiva a primeira edição do evento passeia por vários momentos históricos, políticos, econômicos, sociais e ambientais no semiárido vivenciados, trazendo a trajetória das obras contra as secas, da convivência, as tensões existentes e as possibilidades apontadas pela ciência, e provocando comunidade acadêmica e setores da sociedade a pensarem expectativas para o Semiárido brasileiro.

    Objetivos
    Reunir trabalhos que auxiliem a identificar a diversidade do Semiárido brasileiro;
    Promover a produção científica a as diversas formas de produção do conhecimento;
    Congregar pesquisadores no âmbito nacional;
    Realizar atividades que promovam o debate entre os pesquisadores, professores, profissionais, estudantes e demais interessados na temática do evento.

    Publico Alvo
    Estudante de Graduação;
    Estudante de Pós-graduação;
    Professores da educação básica;
    Professores de Ensino Superior/Profissionais;
    Técnicos;
    Publico em geral interessado na área central do evento.

    Fonte: conadis.com.br/sobre-evento.php

    Clicando na imagem abaixo você encontra passagens aéreas, transfer e seguro viagem com tarifas especiais para o período do evento.

    blogconadis

     

    Deixe seu comentário
  • Conheça o ENAG!

    O IV Encontro Nacional da Agroindústria (ENAG), que acontecerá nos dias 27, 28, 29 e 30 de novembro de 2018, será um evento que trará discussões da área científica de alimentos voltada ao controle de qualidade na indústria de alimentos, gestão ambiental dos resíduos agroindustriais, produção e/ou tecnologia animal, vegetal e bebidas, biotecnologia e/ou desenvolvimento de novos produtos agroindustriais, gestão da produção/qualidade, higiene e segurança dos alimentos e vigilância e saúde.
    Também incentivará a troca de experiências entre discentes, docentes e empresários, promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico no setor da agroindústria no país.
    O IV ENAG disponibilizará em sua programação palestras, minicursos, apresentações de trabalhos científicos e feiras. Neste, as empresas poderão evidenciar seus produtos para comunidade em geral, enfatizando os diversos elos da agroindústria. Evidenciando as alternativas para o desenvolvimento do setor e mostrando os desafios e as expectativas para a cadeia produtiva do agronegócio.
    Dentre as oportunidades que o IV Encontro Nacional da Agroindústria oferece aos congressistas, destacam-se: a interação entre especialistas, instituições de pesquisa, empresários e empreendedores dos mais diversos setores da área da agroindústria e áreas afins. Isto garante que o conhecimento seja compartilhado em todos os aspectos.

    Fonte: ivenag2018.wixsite.com/ivenag/evento

    Clicando na imagem abaixo você encontra passagens aéreas, hospedagem e seguro viagem com tarifas especiais para o período do evento.

    Enag

    Deixe seu comentário
  • Fiped, saiba mais sobre o evento!

    Em sua décima edição, comemorativa, o FIPED acontecerá em seu berço de origem, a cidade de Pau dos Ferros, interior do Rio Grande do Norte, mais precisamente no Campus Avançado “Professora Maria Elisa Albuquerque Maia” – CAMEAM e terá como tema “10 anos de AINPGP/FIPED: pesquisa, memória e internacionalização”. Justificamos cada uma dessas categorias temáticas, a partir dos seguintes axiomas: (i) Pesquisa: “Não há ensino sem pesquisa e nem pesquisa sem ensino” (FREIRE, 1996); (ii) Memória: “Na maior parte das vezes, lembrar não é reviver, mas refazer, reconstruir, repensar, com imagens e ideias de hoje, as experiências do passado. A memória não é sonho, é trabalho” (ECLEA BOSI, 1994); e, (iii) Internacionalização: “Sou a favor da internacionalização da cultura, mas não acabando as peculiaridades locais e nacionais” (ARIANO SUASSUNA, Entrevista à Revista Veja, em julho de 1996).

    Inspirado no formato do Fórum Acadêmico de Letras (FALE), o FIPED foi criado no Brasil, em 2008, vinculado ao Departamento de Educação, da UERN/Campus de Pau dos Ferros, centrado na pedagogia como processo educativo e na formação de professores.

    Com sua expansão nacional e internacional, o FIPED cresceu e se tornou um evento de referência que tem congregado todas as áreas científicas comprometidas com a investigação sobre a formação dos estudantes de graduação. O formato deste evento é semelhante ao de outros encontros científicos, com a grande particularidade de que, no FIPED, se pretende que os alunos de graduação sejam os atores principais, assumindo responsabilidades e desempenhando um papel ativo em todos os aspectos do evento.

    Como forma de evidenciar sua proposta formativa, as atividades programadas para cada edição do FIPED incluem comunicações, conferências e mesas redondas, bem como oficinas voltadas para a formação em pesquisa do aluno de graduação. Nesta edição (27 a 30 de novembro de 2018), comemorativa dos 10 anos de sua criação, o FIPED retorna ao seu berço de origem, tendo como temática “10 anos de AINPGP/FIPED: pesquisa, memória e internacionalização”.

    Pretende-se, com essa edição, reforçar o compromisso do FIPED com o estímulo à pesquisa na graduação, e, por conseguinte, o fortalecimento da pós-graduação, mas também difundir a proposta de sua interiorização e internacionalização, considerando o seu papel de fórum integrador como rede de conhecimento.

    Fonte: xfiped.com.br/sobre

    Nesta página você encontra passagens aéreas, hospedagem e seguro viagem com tarifas especiais para o período do evento: xfiped.depassaporte.com.br

    blogfiped

    Deixe seu comentário
  • ENEI está chegando! Conheça mais sobre o evento.

    O Encontro Nacional de Estudantes Indígenas – ENEI é um espaço que visa reunir estudantes indígenas do ensino superior de todo o Brasil, proporcionando a troca de saberes, discussão e socialização de experiências de pesquisas no ensino superior indígena, sobre saberes locais, educação, saúde, gestão territorial, direito, entre outros. O espaço do encontro é privilegiado, pois conta com interlocutores, estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores indígenas e não indígenas, sobretudo no que tange às práticas educacionais.

    O VI ENEI, terá como tema: Territorialidade, Lutas e Resistência dos Povos Indígenas: Do Tekoha à Universidade. A escolha do tema teve como princípio mostrar o protagonismo dos estudantes indígenas no contexto acadêmico, valorizando o movimento indígena nacional. Dessa forma, tentando dar visibilidade e demarcar os diferentes espaços no ensino superior, tem como perspectiva a tentativa de descolonizar o conhecimento e saberes sobre os povos indígenas.

    O evento ocorre entre os dias 11 e 15 de outubro de 2018 no Aldeia Jaguapiru, em Dourados – MS.

    Para comprar passagens aéreas e seguro viagem para o evento com tarifas promocionais, e contar com atendimento via telefone, e-mail, WhatsApp e chat online clique no banner abaixo.

    ENEI

    Fonte: vi-eneims.wixsite.com/vieneidouradosms

    Deixe seu comentário
  • SGFNE, saiba a história do evento!

    A ideia de um evento regional surgiu em 2005, durante o XI Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada (SBGFA) que ocorreu em Natal (RN). Criou-se então, o Simpósio de Geografia Física do Nordeste (SGFNE). O I SGFNE ocorreu na URCA (Crato-CE) com o tema central foi “Ambiente e Ordenamento Territorial no Nordeste Brasileiro”. A programação contou conferências, palestras, mesas-redondas, GT’s, minicursos e apresentação de trabalhos. Os artigos foram publicados nos Cadernos de Ciência e Cultura da URCA (ISSN 1980-5861). Participação instituições tais como URCA, UFC, UECE, UVA, UFRN, UERN, UFPB e UFPE.

    O II SGFNE foi em 2008 (para intercalar com o SBGFA) na UFPB, em João Pessoa. O tema central foi “Sustentabilidade e Meio Ambiente”. A programação teve o mesmo formato da edição anterior. Os trabalhos foram publicados na Revista Okara: Geografia em debate (ISSN 1983-3878). Participaram as instituições URCA, UECE, UVA, UFRN, UFPB, UFPE, UFC, UFAL, UFS, UFPI, UEMA, UERN e UFBA.

    A crise das IES públicas na época e a falta de apoio das agências de fomento, levou a impossibilidade da manutenção da periodicidade dos SGFNE’s.

    O III SGFNE foi realizado apenas em 2016, em Caicó (RN), com o tema central “Geografia Física do Semiárido”. Participaram URCA, UECE, UVA, UFRN, UFPB, UFPE, UFC, UFRB, UFS, UFPI, UESPI, UERN, IFS, IFPI e UFBA. Constou de mesas-redondas, excursões, minicursos e apresentação de trabalhos. Os trabalhos foram publicados na Revista de Geociência do Nordeste (ISSN 2447-3359) e no periódico Caderno de Geografia (ISSN 2318-2962).

    Com a periodicidade estabelecida, o IV SGFNE será em Sobral (CE), na Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, de 9 a 11/10/2018. A temática central será “PERSPECTIVAS DA GEOGRAFIA FÍSICA DO NORDESTE BRASILEIRO: PRODUÇÃO E DESAFIOS”. A programação manterá o formato. Os resumos comporão os anais e os trabalhos completos edições especiais da Revista da Casa da Geografia de Sobral (ISSN 2316-8056) e em outro periódico a se definir.

    A principal finalidade do IV SGFNE é realizar um panorama das perspectivas da Geografia Física do Nordeste brasileiro por meio da discussão/exposição da produção atual e dos novos desafios impostos ao seu desenvolvimento técnico-científico.

    Algumas áreas do conhecimento da Geografia Física nordestina vêm em franco desenvolvimento tais como os estudos geomorfológicos no âmbito das análises de bacias hidrográficas e da dinâmica costeira, assim como os estudos geográficos do clima de médias e pequenas cidades e sobre geodiversidade vêm tomando corpo nos cursos de pós-graduação.

    Pesquisas voltadas aos eventos extremos, desastres naturais e às análises de risco e vulnerabilidade socioambientais estão crescendo e se associando ao desenvolvendo de novas aplicações das geotecnologias.

    Contudo, áreas clássicas da Geografia Física tais como a Biogeografia e a Pedologia vêm perdendo espaço nos temas de dissertações e teses e de projetos institucionais de pesquisa.

    Expor os avanços, avaliar as tendências, refletir sobre os retrocessos e as necessidades técnico-científicas atuais e vindouras e apontar algumas estratégias no contexto regional da produção científica em Geografia Física compõem as finalidades específicas dessa edição do SGFNE.

    Para comprar passagens aéreas, hospedagem e seguro viagem para o evento com tarifas promocionais, e contar com atendimento via telefone, e-mail, WhatsApp e chat online clique no banner abaixo.

    sgfne

    Fonte: ivsgfne.wixsite.com/sgfne/apresentacao
    Deixe seu comentário
  • Vem aí o INNOVATION Polishop

    Polishop, a maior empresa multicanal do mundo apresenta o Polishop INNOVATION 2018, um evento gigantesco, inovador, inspirador e imperdível.

    Em outubro, o presidente João Appolinário e líderes do canal estarão reunidos no São Paulo Expo para dividir suas experiências, suas conquistas e seus estilos de vida com milhares de empreendedores.

    Polishop INNOVATION 2018 vai ter também: grandes lançamentos, emocionantes reconhecimentos e anúncios das viagens Polishop DESTINATION 2019, e mais, você vai acompanhar ao vivo a escolha da Miss São Paulo Be Emotion que vai representar o estado no Miss Brasil Be Emotion 2019.

    Para comprar passagens aéreas, hospedagem, transfer e seguro viagem para o evento com tarifas promocionais, e contar com atendimento via telefone, e-mail, WhatsApp e chat online clique no banner abaixo.

    innovation

    Fonte: polishop.vc/incentivos/eventos

     

    Deixe seu comentário
  • Agile Brazil, saiba mais sobre o evento!

    A Agile Brazil 2018 será realizada em Campinas, São Paulo. Cada edição do evento reuniu perto de oitocentos participantes do cenário de tecnologia brasileiro e diversos palestrantes de renome nacional e internacional. E para este ano, queremos muito mais.

    Métodos, processos, práticas e até mesmo o mindset ágil vêm sendo lapidados e desafiados há muitos anos, das mais diversas maneiras. Ainda estamos descobrindo melhores formas de entregar valor, fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazerem o mesmo. De startups a grandes corporações, de práticas de engenharia de software (como integração contínua, pair programming, código limpo, dentre outras) à gestão em novas estruturas organizacionais, de estagiários a executivos: hoje a agilidade está por todos os lados. Agilidade já não é mais apenas o que foi definido em 2001, e a Agile Brazil 2018 vai instigar a discussão sobre a atualidade e as possibilidades que estamos construindo. Venha compor conosco o panorama do presente e do futuro da agilidade!

    Fonte: www.agilebrazil.com/2018/sobre/

    Para saber mais sobre o evento acesse agilebrazil.com e para adquirir passagens aéreas e hospedagem com valores promocionais para o período do evento visite agilebrazil.depassaporte.com.br

    agile brazil

    Deixe seu comentário
  • Bananeiras – PB: como chegar ao local do ENAG

    Veja como chegar a Bananeiras de ônibus

     A viação São José é responsável pelo transporte de ônibus para a cidade de Bananeiras.

    Confira os horários os do transporte para a cidade partindo de Campina Grande e partindo de João Pessoa.

    Partindo da Rodoviária de Campina Grande

    Horários de saída – de Segunda-feira a Sexta-feira:

    05h30

    07h00

    11h45

    14h15

    16h45

    18h15

    Valor da passagem por pessoa: R$ 20,00

    Haverá cobrança de Taxa de embarque – informada somente no local

    Para retorno para a Rodoviária de Campina Grande, os ônibus partem da Rodoviária da cidade de Belém e fazem parada na cidade de Bananeiras:

    Horários de saída de Segunda-feira a Sexta-feira:

    05h00

    05h30

    09h30

    15h45

    Para retorno para a Rodoviária de Campina Grande, também tem ônibus que partem da Rodoviária da cidade de Caiçara e fazem parada na cidade de Bananeiras:

    Horários de saída de Segunda-feira a Sexta-feira:

    06h00

    11h00

     

    Horário de saída para os Finais de Semana:

    Aos sábados:

    Partindo da Rodoviária de Campina Grande para Rodoviária de Bananeiras:

    05h30

    07h00

    11h45

    14h15

    17h30

    Para retorno para a Rodoviária de Campina Grande, os ônibus partem da Rodoviária da cidade de Belém e fazem parada na cidade de Bananeiras, onde pegam os passageiros:

    05h00

    09h30

    15h45

    Para retorno para a Rodoviária de Campina Grande, os ônibus partem da Rodoviária da cidade de Caiçara e fazem parada na cidade de Bananeiras, onde pegam os passageiros:

    06h00

    11h30

    Aos Domingos:

    Partindo da Rodoviária de Campina Grande para Rodoviária de Bananeiras:

    08h00

    10h00

    17h30

    Para retorno para a Rodoviária de Campina Grande, os ônibus partem da Rodoviária da cidade de Belém e fazem parada na cidade de Bananeiras, onde pegam os passageiros:

    15h45

    Para retorno para a Rodoviária de Campina Grande, os ônibus partem da Rodoviária da cidade de Caiçara e fazem parada na cidade de Bananeiras, onde pegam os passageiros:

    11h00

     

    Duração da viagem – em torno de 02h40

     

    Partindo da Rodoviária de João Pessoa

    Horários de saída – de domingo a domingo

    04h30

    14h30

    Para retorno para a Rodoviária de João Pessoa, os ônibus partem da Rodoviária da cidade de Nova Floresta e fazem parada na cidade de Bananeiras, onde pegam os passageiros:

    13h00

    Valor da passagem por pessoa: R$ 28,50

    Os valores foram informados pela Viação São José e estão sujeitas a alteração.

    Para grupos acima de 20 pessoas é possível a compra antecipada através do telefone: 083 3337-3777.

    Conheça nossos serviços e outros eventos em: depassaporte.com.br

    Bananeiras

     

    Deixe seu comentário
Página 1 de 512345