• Bienal do Livro Rio divulga programação 2019

    Bienal do Livro Rio 02

    A Bienal do Livro Rio acaba de divulgar sua programação para essa edição 2019!
    Entre os destaques estão os escritores Bráulio Bessa, Ana Maria Machado, Monja Cohen, Cissa Guimarães, Luiz Fernando Veríssimo, Ruy Castro, Xico Sá, Gregório Duvivier, entre outros.

    Laurentino Gomes será um dos grandes destaques

    Um dos grandes destaques dessa edição da Bienal do Livro Rio será o escritor Laurentino Gomes, autor de obras essenciais para a História do Brasil, como os livros 1808, 1822 e 1889. Atualmente ele trabalha em uma trilogia sobre a história da escravidão e o primeiro volume tem previsão de lançamento pouco antes do início da Bienal. Vai perder essa? Confira a programação completa no site do evento: bienaldolivro.com.br/programacao

    A De Passaporte é a agência de turismo oficial do evento e preparou uma campanha especial com passagens aéreas e hospedagens próximas. Não deixe de curtir o Rio de Janeiro e um dos maiores eventos literários do país. Acesse nosso hotsite e faça uma pesquisa: depassaporte.com.br/bienaldolivro

    Deixe seu comentário
  • A Praia de Pratigi recebe o festival Universo Paralello

    Praia de Partigi 04

    Como andam os planos para o réveillon 2019? Já organizou onde irá passar e como chegar no destino escolhido? Uma das boas opções para quem curte uma virada de ano mais agitada é o Universo Paralello, que ocorre a cada 2 anos na Praia de Pratigi na Bahia.
    O festival nasceu na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, mas ao longo dos seus 20 anos trocou de casa. O local escolhido foi a Praia de Pratigi, na cidade de Ituberá-BA. Uma praia distante 27 Km da cidade, em que as águas mornas do sul do Estado banham uma areia muita clara. Durante oito dias o participante poderá curtir o som da música eletrônica rodeado por uma natureza quase paradisíaca. Coqueiros, praia, rio e muita diversão fazem parte do pacote. A praia já é frequentada por alguns turistas com espírito mais aventureiro, mas a maior parte dos participantes do evento não a conhecem. Apesar da praia ser quase deserta, você encontrará toda uma estrutura montada pelos organizadores com campings, banheiros, chuveiros, etc. O acesso à praia não é tão fácil, então organizamos algumas dicas de como chegar na cidade de Ituberá e de lá chegar até a praia.

    Como chegar na praia de Pratigi
    Praia de Partigi 03

    Praia de Partigi – Universo Paralello

    Se você vier de avião de qualquer parte do Brasil, você terá disponível os dois aeroportos mais próximos de Ituberá: o Aeroporto da cidade de Ilhéus e o Aeroporto Luís Eduardo Magalhães em Salvador. Nem todos os locais você deve encontrar voos para Ilhéus, então Salvador termina sendo seu primeiro ponto de parada. Chegando em Ilhéus ou Salvador, aí começa a segunda parte de sua viagem para o mundo paralelo do festival.

    Chegando em Ilhéus
    Ao chegar no aeroporto da cidade, você precisará se deslocar até a rodoviária e de lá tomar um ônibus até a Itacaré. Esse trecho entre Ilhéus e Itacaré você deverá fazer em torno de 2 horas de estrada. De Itacaré você precisará pegar mais um ônibus até a cidade de Igrapiúna, que deve durar mais 1 hora e quinze minutos. Finalmente você já está quase em Pratigi, mas antes precisará tomar mais uma condução até a praia de Pratigi, na cidade de Ituberá. Essa é a opção de aeroporto mais próxima, mas vale também alugar um veículo em Ilhéus e fazer essa viagem com algumas paradas para descansar e conhecer melhor o baixo sul da Bahia.

    Tempo aproximado entre os trechos:
    Rodoviária de Ilhéus – Rodoviária de Itacaré: aproximadamente 2 horas (ônibus);
    Rodoviária de Itacaré – Rodoviária de Igrapiúna: aproximadamente 1 hora e 15 minutos (ônibus);
    Rodoviária de Igrapiúna – Rodoviária de Ituberá (Praia de Pratigi): aproximadamente 40 minutos (mototáxi, veículo particular ou táxi).

    Chegando em Salvador
    Ao chegar no aeroporto de Salvador, você terá duas opções: ou ir de ônibus ou ir de barco e ainda conhecer um pouco da Baía de Todos os Santos.  Do aeroporto você irá se deslocar até a rodoviária da cidade ou até o terminal marítimo, dependendo da sua opção. Esse trecho entre o aeroporto e a rodoviária é bem tranquilo, já que você poderá fazer esse trecho de metrô. Caso queira ir pelo terminal marítimo, você poderá pegar um táxi ou ônibus e se dirigir até a área conhecida como cidade baixa.

    Tempo aproximado entre os trechos de ônibus:
    Aeroporto – Rodoviária de Salvador: aproximadamente 40 minutos (metrô, táxi ou ônibus);
    Rodoviária de Salvador – Rodoviária de Camamu: aproximadamente 8 horas (ônibus);
    Rodoviária de Camamu – Rodoviária de Ituberá (Praia de Pratigi): aproximadamente 50 minutos (mototáxi, veículo particular ou táxi).

    Tempo aproximado entre os trechos de barco passando por Morro de São Paulo:
    Aeroporto – Terminal Marítimo de Salvador (lancha): aproximadamente 1 hora (táxi ou ônibus);
    Terminal Marítimo de Salvador – Morro de São Paulo: aproximadamente 3 horas (barco);
    Morro de São Paulo – Valença: aproximadamente 30 minutos (barco);
    Valença – Ituberá (Praia de Pratigi): aproximadamente 55 minutos (mototáxi, veículo particular ou táxi).

    Tempo aproximado entre os trechos de barco passando por Itaparica (Bom Despacho):
    Aeroporto – Terminal Marítimo de Salvador (ferry-boat): aproximadamente 1 hora e 10 minutos (táxi ou ônibus);
    Terminal Marítimo de Salvador (ferry-boat) – Itaparica (Bom Despacho): aproximadamente 50 minutos (ferry-boat);
    Itaparica (Bom Despacho) – Rodoviária de Valença: aproximadamente 1 hora e 20 minutos (ônibus ou van);
    Rodoviária de Valença – Rodoviária de Ituberá (Praia de Pratigi): aproximadamente 55 minutos (mototáxi, veículo particular ou táxi).

    Praia de Partigi 01 Universo Paralello

    Só os fortes sobrevivem a essa maratona para curtir um dos maiores festivais de música eletrônica do Brasil. E o melhor de tudo é que você poderá curtir a virada de ano cercado pela natureza e desligado do mundo, já que sinal de celular por lá é quase nulo. Junte os amigos e caia na estrada. Na Praia de Pratigi, no período do festival, a noite cai e você ainda consegue ver os raios do sol.
    A De Passaporte reforça a parceria com o Festival e novamente será a agência oficial. Com isso o participante poderá comprar passagens aéreas com descontos exclusivos. Acesse nosso hotsite exclusivo para o evento e faça uma pesquisa: depassaporte.com.br/universoparalello

    Aventure-se!

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário
  • Aproveite o inverno em Gramado e Canela

    É chegado o inverno e com ele aquelas temperaturas mais amenas, afinal o Brasil é um país tropical e a oscilação da temperatura não é tão grande. Em geral, coincide também com as férias escolares de julho da maior parte do país, já que nas regiões Norte o Nordeste essas férias ocorrem no mês de junho, quando coincide com as festas juninas.
    Uma das regiões onde é possível encontrar aquele típico clima frio de inverno é a região sul do país. Lá é possível usar todas aquelas roupas estilosas que você guarda para ocasiões como essa, fazer aquele programa em família ou casal, aquele passeio com os amigos, brincar na neve, comer comidas típicas da região e curtir o clima aconchegante que essa estação traz.
    Pensando nisso, resolvemos dar dicas de duas cidades gaúchas que são a representação máxima desse clima frio, nesse período: Gramado e Canela.

    Gramado e Canela 02

    06 coisas que você não pode deixar de fazer em Gramado

    Gramado é uma cidade relativamente pequena e que conta com cerca de 35 mil habitantes. É um local para visitar durante todo o ano. O natal, por exemplo, é muito famoso, mas você não encontrará esse frio nesse período. O ideal é saber que tipo de atrações você quer ver e organizar a viagem para o período desejado. O período entre a primavera e o verão é bem florido. Se a intenção é curtir o friozinho da serra, o ideal é ir mesmo no inverno. O aeroporto mais próximo de Gramado é o de Caxias do Sul, mas por questões comerciais e disponibilidade de voos, é recomendado utilizar o aeroporto de Porto Alegre. A distância entre o aeroporto e a cidade gira em torno de 115 Km e no próprio aeroporto já é possível tomar uma condução até a cidade, pois existem algumas agências que fazem esse trajeto. Chegando lá, separamos alguns locais para curtir a cidade.

    01. VISITE O LAGO NEGRO DE GRAMADO
    Antigamente o Lago Negro chamava-se Vale do Bom Retiro e pertencia a uma tradicional família da região, mas em 1942 um trágico incêndio que durou oito dias devastou boa parte da vegetação local. Para impedir que o fogo atingisse outras áreas, o administrador, juntamente com outros moradores abriram uma fenda e um pequeno riacho preencheu o espaço, originando o lago. Para preencher a lacuna que o fogo tinha deixado na floresta, ele importou da Alemanha (seu país de origem), mudas da Floresta Negra como pinheiros, hortênsias e azaleias. Essa combinação deu um ar europeu ao local e encanta quem passa por lá. As hortênsias azuis são comuns no período do verão e as azaleias são comuns no período do inverno. O lago escuro reflete a bela paisagem que o rodeia com seus pinheiros exuberantes. Ideal para visitar com a família, o par ou até mesmo as crianças. Os pedalinhos em formato de cisne dão um ar bucólico e tranquilo ao lugar.

    Gramado e Canela 06 - Mini Mundo

    Parque Mini Mundo.

    02. FAÇA UM PASSEIO PELO MINI MUNDO
    O museu Mini Mundo nasceu do amor de um pai e um avô pelas crianças da casa há mais de 30 anos. Eles construíram uma casa de boneca para a menina e um castelo com trenzinho para o menino. De lá pra cá a coisa foi ganhando corpo e hoje é um dos locais mais visitados de Gramado. O local reflete pontos turísticos da Europa e do Brasil em miniaturas 24 vezes menor que a original. O que espanta são os detalhes que constam nas construções. Além disso, é possível observar cenas do cotidiano como a eleição de um prefeito, as pessoas andando nas ruas, as crianças brincando nos parques, etc. O espaço fica em frente ao hotel Ritta Höppner e quem está hospedado especificamente nesse hotel não precisa pagar o ingresso.

    03. FAÇA UMA VISITA AO GRAMADO ZOO
    É um pouco diferente dos zoológicos brasileiros. Aqui a maior parte dos animais foram resgatados e vivem num grande viveiro, que emula seu habitat natural. Aqui a experiência será um pouco diferente e é um programa perfeito para fazer em família. O espaço é todo calçado e o visitante percorre cerca de 1,8 Km tendo contato com animas da fauna brasileira como lobo-guará, puma, jaguatirica, onças da amazônia e do pantanal, emas, antas, araras, tucanos, porco-espinho, gato do mato, bugios e muito mais. Aqui você pode comprar ração para alimentar os animais e é o tipo de experiência que as crianças adoram.

    Gramado e Canela 07 - Snowland

    Parque Snowland.

    04. VISITE O PARQUE SNOWLAND
    Esse é um parque temático totalmente fechado onde a experiência do visitante será ligada a neve. Inaugurado em 2013 é o primeiro parque de neve indoor da América Latina, aqui é possível esquiar, descer da montanha deslizando em boias, etc. Na montanha a temperatura é muito baixa, podendo chegar a temperaturas negativas, mas o visitante não precisa ficar preocupado, pois o parque oferece roupas de frio para a experiência ser completa.

    05. FAÇA UMA VISITA A RUA COBERTA
    Originalmente chamada de Rua Madre Verônica, ela é mais conhecida como Rua Coberta por causa da cobertura com plantas suspensas e toda a iluminação cênica do local. Um espaço ideal para ir à noite e comer alguma coisa, beber um vinho, experimentar o foundee sob o frio da região.

    06. ANDE PELA CIDADE
    O que encanta em Gramado é a arquitetura, portanto, ande o máximo que você puder. Existem poucos táxis e em períodos em que a cidade estiver mais cheia será bem difícil encontrar um. Se você estiver hospedado pelo centro, não terá dificuldade de se locomover e além disso, alguns locais oferecem transporte gratuito, você só precisa pegar informação no lugar que estiver. Durante esse passeio visite a Igreja São Pedro, faça uma compras na Avenida Borges de Medeiros, visite o Palácio dos Festivais, onde acontece o Festival de Cinema de Gramado, visite o Parque Le Jardin e tome um chá ou café, viste o Parque das Etnias e as diversas fábricas de chocolates artesanais. Você não vai se arrepender.

    Gramado e Canela 04

    Cachoeira do Caracol, Canela.

    06 coisas que você não pode deixar de fazer em Canela

    A cidade de Canela é outro ponto que o visitante deve considerar numa viagem pelo sul do país. Em geral as pessoas se hospedam mais em Gramado, mas a cidade de Canela também tem um charme sem igual. Ela fica a apenas 7 Km de Gramado e a 141 Km de Porto Alegre. Com uma população de pouco mais de 40 mil habitantes a cidade não é uma extensão de Gramado, como algumas pessoas costumam tratar. Aqui é possível fazer programas ao ar livre e com a vantagem de pagar um pouco menos. O visitante poderá optar por programas como escalada, rapel, arvorismo e etc. Em termos de arquitetura, o visitante irá encontrar algo muito parecido com o que se encontra em Gramado e com todo o conforto que se tem direito.

    01. VISITE O PARQUE E A CASCATA DO CARACOL
    A famosa Cascata do caracol é um dos maiores pontos turísticos da cidade e atrai os amantes da natureza. Uma queda d’água de 120 metros emoldurada por rochas e uma mata extremamente verde. Além disso, o visitante poderá descer até o pé da cachoeira por uma escada de 934 degraus. Nada que pequenas paradas para contemplação não ajudem a subir de volta. Entre a mata extremamente preservada é possível encontrar trilhas onde o contato com a natureza será ainda mais intenso. O parque ainda conta com toda a infraestrutura de banheiros, churrasqueiras, mesas, lojas de artesanato, etc.
    Outro atrativo do parque é o Observatório. Uma torre com 30 metros de altura e um elevador panorâmico, onde será possível ver todo o ambiente e a Cascata do Caracol. Não deixe de aproveitar também o trenzinho que há dentro do parque e que leva os passageiros até a Vila dos Imigrantes. Você vai entender um pouco mais sobre o processo civilizatório daquela região.

    02. PASSEIE PELOS BONDINHOS AÉREOS DO PARQUE DA SERRA
    O parque fica dentro de uma área preservada e lá dentro você pode pegar o famoso bondinho e ver toda a beleza de cima. O visitante tem a opção de desembarcar em duas estações. Na primeira o visitante chegará a um espaço chamado “Esculturas que Falam” e a um mirante superior. Na segunda parada o visitante ficará num local onde tem acesso a um mirante que fica de frente para a Cascata do Caracol e para o Vale da Lageana. Acredite, você fará fotos inacreditáveis!

    Gramado e Canela 05 - Parque da Ferradura

    Parque da Ferradura.

    03. VISITE OS MIRANTES DO PARQUE DA FERRADURA
    Esse parque se destaca pelos seus 3 mirantes que oferecem uma vista deslumbrante para o visitante. Um desses mirantes tem vista para o Rio Caí que em uma de suas curvas forma uma ferradura, o que dá nome ao parque. É possível encontrar trilhas de 10 minutos a 3 horas de caminhada e toda a estrutura como lancheiras, playground, churrasqueiras, etc. O parque fica a 13 Km do centro da cidade e permite um intenso contato com a natureza.

    04. VISITE O CASTELINHO CARACOL
    O Castelinho foi uma das primeiras residências de Canela e foi todo construído em madeira de araucária, com sistema de encaixes e parafusos, sem uso de um  único prego. Em seu interior são abrigados móveis e utensílios da primeira família que morou na casa e que levam o visitante a uma viagem ao passado. Ah, não deixe de experimentar os chás que são servidos na casa.

    05. VISITE O VALE DOS DINOSSAUROS
    Esse parque foi inspirado no filme Jurassic Park. Logo na entrada o visitante já fica impressionado com o tiranossauro que é visto da portaria. Você pega um ônibus e circula pelo parque vendo várias espécies de dinossauros em movimentos. O parque tem 35.000 m² e fará você se sentir parte do filme. A empresa que cuida desse parque é dona de alguns outros em Gramado, então se você for visita-lo sai mais barato comprar o pacote para todos os parques, que inclui o DreamLand Museu de Cera, o Hollywood Dream Cars, Super Carros Gramado e o Museu Bar Harley Davidson.

    06. VISITE A CATEDRAL DE PEDRA DE CANELA
    Gramado e Canela 03
    A catedral começou a ser construída em 1953 e manteve seu processo construtivo até a primeira metade da década de 80. Em estilo gótico, ela é toda revestida de pedra basalto e sua torre de 65 metros pode ser vista de vários pontos da cidade. É realmente uma construção linda e imponente. Em 2010 ela foi eleita pelo portal Terra uma das 7 maravilhas do Brasil e desde então ganhou iluminação cênica que a transforma num dos pontos mais bonitos da cidade. Em seu interior ainda é possível encontrar dezenas de obras de arte.

    Aproveite o inverno e tudo que o frio pode trazer de diversão. Não é só no verão que devemos nos divertir, pois Gramado e Canela podem ser visitadas durante todo o ano e trazendo diferentes experiências. Demos apenas algumas opções de passeios que podem ser feitos nas duas cidades, mas elas oferecem muito mais!
    A De Passaporte possui um hotsite onde você poderá comprar passagens aéreas e hospedagens com tarifas reduzidas, mesmo que não seja para evento. Aproveite as férias de junho e vá conhecer um pouco do que essas cidades do sul do país podem oferecer. Acesse nosso hotsite e faça uma pesquisa: depassaporte.com.br/lazer
    Você não vai se arrepender!

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário
  • Vem aí mais uma edição da Bienal do Livro do Rio de Janeiro

    Bienal do Livro Rio 02
    Em agosto de 2019 acontece a XIX edição da Bienal Internacional do Livro, no Rio de Janeiro. A edição carioca sempre figura entre uma das maiores do Brasil e da América Latina e costuma levar um público acima de meio milhão de pessoas. A edição 2017, por exemplo, mesmo com toda a crise que o país já enfrentava, conseguiu atrair um público de mais de 640 mil pessoas. Nada mal para um país com hábitos de leituras tímidos. Se comparado ao hábito de leitura dos argentinos, o Brasil leva uma goleada. Em média, um cidadão argentino lê cerca de 5,8 livros por ano, enquanto o brasileiro lê uma média de 2,4. Cerca de 70% da população argentina tem um bom hábito de leitura, o que lhes garante o título de país com melhores índices de leitura na América Latina. O Brasil ainda precisa amargurar um índice de apenas 47% de brasileiros que leem.
    A ano de 2018, por exemplo, foi marcado por pedido de recuperação judicial de grandes redes de livrarias e retirada de uma grande rede francesa que atuava no Brasil. Se comparar o primeiro trimestre de 2019 com o mesmo período de 2018, o mercado sofreu uma retração de 18% em volume e 19% em arrecadação, segundo o portal EBC. Isso pode ser reflexo das “crises” que o país vem sofrendo nos últimos anos. Quando o poder de compra das famílias diminui, livros e cultura em geral são cortados do orçamento. Além disso, o país não cultiva hábitos de leitura. Se as escolas até incentivam esse hábito, muitas vezes não encontra reverberação em casa. E como sabemos, os pequenos precisam de exemplos para seguirem. Vamos mudar essa atual realidade?
    A bienal do livro tem essa função primordial de aproximar o público do mercado literário. Num evento como esse é possível conhecer autores, participar de atividades culturais que envolvem personagens épicos da literatura, encontrar pessoas que cultivam essa paixão pelos livros e conhecer as novidades do setor literário.

    O que esperar dessa edição da Bienal do Livro Rio 2019

    A edição de 2017 foi um sucesso e contou com as participações de Maurício de Sousa e Mário Sérgio Cortella. Foram 360 horas de programação cultural intensa, 190 sessões de autógrafos e um público de 640 mil pessoas, superando o que se esperava. Além disso, uma pesquisa apontou que 93% do público que participou do evento saiu satisfeito e tinha a intenção de voltar na edição 2019.
    Uma das grandes novidades desse ano será a utilização de todo o espaço do Riocentro para criar diferentes ambientes e atender todo o tipo de público. O impacto do público já começará na entrada, já que este ano será pelo Pavilhão das Artes. Sim, a experiência já começará aqui.
    “A Bienal é um sucesso, um momento mágico de interação entre os visitantes, as editoras e os autores. E, para mantermos esse encantamento, estamos sempre investindo em inovação, atentos às novidades e transformações tanto do mercado, quanto da sociedade. Em 2019, o objetivo é oferecer várias bienais dentro de uma, com espaços bem definidos para cada perfil de público”, afirmou Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

    Outra novidade será um pavilhão voltado inteiramente para o público infantil, que reunirá autores, atrações e atividades lúdicas para as crianças e as famílias. Uma excelente oportunidade de introduzir os pequenos no universo da literatura.
    Serão mantidas e ampliadas a Arena Jovem, o Café Literário, o Fórum da Educação. Haverá também um espaço voltado para as pequenas editoras e uma área voltada para a Filosofia e os negócios. Outro espaço que promete atrair um grande público nessa edição será a área onde a cultura japonesa será homenageada. Será possível encontrar uma área voltada para os mangás e jogos. Tem como perder essa?

    A De Passaporte é a agência de turismo oficial da Bienal do Livro Rio e preparou uma campanha especial para atender pessoas de todo o Brasil interessadas em ampliar seus horizontes literários. São passagens aéreas para o Rio de Janeiro com descontos exclusivos no período da Bienal, que acontece entre os dias 30 de agosto e 08 de setembro. Além disso, será possível encontrar hospedagens próximas do Riocentro, local onde acontecerá o evento, com tarifas reduzidas. Aproveita a oportunidade de conhecer a cidade maravilhosa, caso não conheça, ou retornar para mais uma visita e acrescentar a Bienal do Livro no roteiro.
    Acesse o hotsite e faça uma pesquisa: depassaporte.com.br/bienaldolivro

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário