• 10 coisas para fazer em Florianópolis

    Florianópolis 03

    Praia Mole

    A Capital de Santa Catarina, Florianópolis, pode ostentar o título de cidade com maior número de praias do Brasil, já que a cidade pega uma parte do continente, a ilha principal, e algumas ilhotas que ficam ao redor. Se tem uma coisa que o visitante não pode reclamar é a quantidade de praias, já que catalogadas são cerca de 42 praias para todos os gostos. Desde praias calmas a praias mais badaladas e movimentadas. Florianópolis ainda se desataca por possuir o título de cidade com maior IDH do Brasil (Índice de Desenvolvimento Humano), fazendo com que uma revista de grande circulação nacional a classificasse como a melhor cidade para se viver no país.
    Com uma economia baseada no aspecto cultural e no potencial turístico, Florianópolis tem atraído cada vez mais eventos para a cidade. Listamos dez coisas que consideramos importantes para fazer na cidade e conhecer um pouco da capital catarinense.

    Florianópolis para praianos e não praianos

    01. VISITE A PRAIA DA DANIELA
    Situada na porção norte da Ilha de Santa Catarina, a praia é uma das mais calmas da região e seu aspecto geográfico é de encher os olhos do visitante. Uma faixa de terra e vegetação que invade o mar e se mistura com mansões de luxo e casas tradicionais. Há um ar de tranquilidade e poucas barracas na praia, ideal para quem gosta de pouca badalação e encara a praia como um programa de descanso. O que atrai o turista nas praias de Florianópolis são suas águas mornas e calmas. Para um maior contato com natureza é recomendado passear pelo manguezal que fica próximo da praia, se você não se importar em pisar na lama.

    02. VISITE A PRAIA DE JURERÊ
    Aqui é a praia para quem gosta de um pouco mais de badalação. São dois mundos que se encontram aqui, pois de um lado temos os hotéis, pousadas calmas, casas de veraneio e a predominância de famílias. Do outro lado você pode encontrar os bares mais badalados, festas ao som de música eletrônica, mas uma coisa é comum para os dois mundos: a faixa longa de areia clara e as águas calmas e mornas. Alguns costuma dizer que Jurerê é a Miami Beach brasileira.

    Florianópolis 04

    Casa da Alfândega

    03. DÊ UM PASSEIO PELO MERCADO PÚBLICO E PELA CASA DA ALFANDEGA
    Depois de anos de reforma, o Mercado Público foi entregue para a população da cidade em agosto de 2015. Um espaço ideal para circular e ver as peças artesanais produzidas na cidade. Aqui é possível experimentar as diversas cervejas artesanais que vendem nos bares. Já a Casa da Alfândega é ideal para fazer compras de artesanatos. As peças vendidas aqui são selecionadas entre as melhores produzidas na região e tudo isso emoldurado por um prédio construído em 1876.

    Compre passagens aéreas com tarifas reduzidas.

    04. PASSE UMA TARDE NO PALÁCIO CRUZ E SOUSA
    Aqui já foi conhecido como Palácio Rosado e foi sede do governo após o fim do regime de capitanias hereditárias. O prédio sofreu diversas reformas e perdeu seu aspecto colonial, mas ganhou adornos e decoração mais modernos. Ele ainda recebeu as vistas ilustres de D. Pedro I em 1826 e de D. Pedro II em 1845 e 1865. Atualmente o palácio abriga o Museu Histórico de Santa Catarina que saiu da Casa da Alfândega em 1986. Os principais momentos da história da cidade ocorreram por aqui, então é uma casa de orgulho para os habitantes. Um dos itens curiosos do acervo é a primeira lâmpada elétrica residencial de Santa Catarina.

    Florianópolis 04

    Fortaleza de São José da Ponta Grossa

    05. FAÇA UM TOUR PELAS FORTALEZAS DE FLORIANÓPOLIS
    Pelo menos 03 fortalezas defenderam a Baía Norte da ilha de piratas e invasores e foram de extrema importância para a defesa da cidade. Esse tipo de passeio te dá uma dimensão do que essa região significou para a história do país. São elas:
    Fortaleza de São José da Ponta Grossa – é a única fortaleza da cidade com acesso por terra. O ideal é entrar na Casa do Comandante, onde é possível ver uma exposição de antigas fotografias da época que o espaço funcionava como fortaleza;
    Fortaleza de Santo Antônio de Ratones – Um dos mais bonitos e mais interessantes entre os três, pois parte dela foi restaurada e o acesso é por mar, diferente da maioria das fortalezas do Brasil. O passeio tem início na Praia de Sambaqui e é ideal para levar crianças;
    Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim – A fortaleza fica na ilha de Anhatomirim e é uma das mais bem preparadas para receber o turista. A maioria dos barcos e escunas com turistas fazem daqui seu ponto de parada, já que a fortaleza ocupa quase toda a ilha.

    06. VISITE O PROJETO TAMAR
    É sempre bom ter contato com a natureza. Essa base do Projeto Tamar possui vários tanques onde as tartarugas são mantidas e recebem os cuidados necessários. Em alguns casos é possível ter contato com elas e as crianças adoram esse passeio. Há ainda um centro de exposição com a história do projeto e vários tanques com diferentes estágios de crescimento.

    07. DÊ UM PASSEIO POR RIBEIRÃO DA ILHA
    Esse vilarejo fica cerca de 25 Km do centro de Florianópolis e guarda aquele clima de ar de cidade pequena. Suas casas coloridas e ruas limpas e bem cuidadas vão te fazer apaixonar por esse lugar. Aqui é o maior produtor de ostras do Brasil e possui inúmeros restaurantes e alguns de nome internacional. Os moradores são bem simpáticos e estão sempre dispostos a contar histórias do local.

    Veja as opções de hospedagens com descontos exclusivos.

    08. OBSERVE AS BALEIAS QUE PROCURAM A COSTA CATARINENSE
    Até 2013 era possível pegar um barco e ir até 80 Km mar à dentro, mas a pedido de uma ONG internacional, a justiça suspendeu o passeio de observação. Mas não tem problema, pois é possível ver essas baleias entre os meses de Junho e Outubro, quando elas procuram águas mais quentes para dar à luz aos filhotes e amamentá-los. Da Praia de Armação é possível avistá-las em seu balé pelas águas e com a ajuda de um binóculo você poderá ver ainda mais de perto.

    Florianópolis 06

    Santo Antônio de Lisboa

    09.UMA VISITA À BUCÓLICA VILA DE SANTO ANTÔNIO DE LISBOA
    Aqui foi um dos primeiros bairros de Florianópolis e fica a menos de 20 Km do centro. Aqui era um recanto açoriano que recebeu muitos imigrantes entre os séculos XVII e XVIII e que ajudaram a construir a cidade. Talvez por isso, você consiga ver tantos traços portugueses, seja na arquitetura ou na culinária. Um lugar com ar bucólico onde o tempo parece ter parado. É possível encontrar uma igreja de 1756, a Igreja de Nossa Senhora das Necessidades. As ostras são o principal ingrediente dos diversos pratos servidos no bairro. Não deixe de percorrer as ruas e visitar as lojas de artesanatos locais.

    10. FAÇA UMA DAS TRILHAS DE FLORIANÓPOLIS
    Como a ilha tem diversos parques protegidos, é possível também encontrar trilhas lindíssimas para aproveitar tudo que a natureza pode oferecer. Esse é o tipo de programa ideal para quem gosta de andar ou pedalar. Na maioria delas, além da natureza, é possível contemplar vistas panorâmicas, inscrições rupestres, a fauna e a flora típicas da mata atlântica. Um verdadeiro baú do tesouro para amantes da natureza. Segue a lista de algumas que são possíveis desbravar, mas vale lembrar que é recomendado contratar o serviço de um guia local:
    Trilha Barra da Lagoa até Galheta: tempo médio de 2 horas;
    Trilha Ilha do Campeche: tempo médio de 2 horas e meia;
    Trilha Naufragados: tempo médio de 50 minutos;
    Trilha Ratones até a Ilha da Conceição: tempo médio 30 minutos;
    Trilha Cachoeira da Solidão: tempo médio 15 minutos;
    Trilha do Poção Córrego Grande: tempo médio de 20 minutos;
    Trilha Lagoa do Peri até Ribeirão da Ilha: tempo médio de 3 horas e 30 minutos;
    Trilha Praia do Gravatá: tempo médio de 30 minutos;
    Trilha Caminho da Costa: tempo médio 4 horas;
    Trilha Morro das Aranhas: tempo médio de 1 hora;
    Trilha do Macaco: tempo médio de 3 horas;
    Trilha Ecológica do Rio Vermelho; Tempo médio de 1 hora e meia;
    Trilha Lagoinha do Leste: tempo médio de 2 horas e 50 minutos;
    Trilha Monte Verde até Costa da Lagoa: tempo médio de 2 horas;
    Trilha Prainha do Saquinho: tempo médio de 2 horas e 30 minutos.
    Florianópolis 07
    Como você pôde constatar, Florianópolis oferece uma gama de atividades para todo tipo de gosto. É possível, por exemplo, fazer um passeio apenas cultural. Ou você pode fazer um passeio apenas ecológico. A escolha é sua!
    A De Passaporte preparou uma campanha especial para incentivar as pessoas a desbravarem o Brasil. São passagens aéreas com descontos especiais e hospedagens com tarifas reduzidas em várias datas no ano. É só traçar um roteiro e deixar a economia por nossa conta. Acesse nosso site especial e faça uma pesquisa: depassaporte.com.br/lazer.

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário
  • Ouro Preto, um presente de Minas Gerais para o mundo

    O Estado de Minas Gerais guarda muitas riquezas naturais e culturais e se tem um local que consegue mostrar essas duas faces é a cidade de Ouro Preto. Fruto, principalmente da corrida do Ouro, o município já chegou a ser o mais populoso da América Latina, quando contou com cerca de 40 mil habitantes em 1730, enquanto a cidade de São Paulo contava com cerca de 8 mil habitantes. O pico populacional chegou a 80 mil habitantes nas décadas seguintes. Região de Ouro Preto, que na época era conhecida como Vila Rica, chegou a enviar cerca de 800 toneladas de ouro para a coroa portuguesa, fora todo o ouro que era contrabandeado e que foi usado na ornamentação de igrejas.
    O ciclo do ouro passou, mas os traços daquela época permaneceram fortes na cultura e na arquitetura local, tornado Ouro Preto um dos maiores patrimônios arquitetônicos do Brasil. Com cerca de 74 mil habitantes que carregam fortes traços da cultura, a cidade vive, basicamente, do turismo histórico e do eco turismo.

    10 coisas para fazer em Ouro Preto
    Ouro Preto, Minas Gerais

    Ouro Preto, Minas Gerais

    Separamos 10 coisas para fazer na cidade para que você tenha uma ideia do que é estar em Ouro Preto. Uma cidade em que a história do Brasil está escrita em cada pedra, em cada esquina, em cada janela ou em cada grade. Vejamos:

    01. VISITAR A PRAÇA TIRADENTES
    Aqui é ponto central de Ouro Preto. Se você quer começar um passeio pela cidade, recomendo começar por aqui, afinal a praça já reúne uma grande quantidade de atrações que poderiam te roubar uma manhã, sem nem mesmo sair do lugar. Aqui encontra-se um monumento à Tiradentes, pois foi nessa praça que sua cabeça foi exposta após a descoberta da conjuração mineira. Curiosamente, a estátua de bronze está de costas para a antiga residência do governador. Além do casario colonial disposto na praça, é possível ver dois prédios de importância ímpar para cidade: O Museu da Inconfidência (antiga Casa de Câmara e cadeia) e o Museu de Ciência e Técnica (antiga Casa do Governador). Imperdível!

    Ouro Preto 05

    Museu da Inconfidência

    02. VISITAR O MUSEU DA INCONFIDÊNCIA
    O museu foi criado com a intenção de guardar a memória da Inconfidência Mineira, que teve seus ideias decepados e uma sociedade que não preserva sua memória, não poderá evoluir. O acervo abriga objetos pessoais de Tiradentes e vários documentos sobre a Inconfidência Mineira, uma das revoltas mais importantes de nossa história. Além disso, será possível encontrar numerosas obras de Aleijadinho. O museu ainda conta com um rico acervo histórico sobre a sociedade da época da corrida do ouro, o que te faz viajar no tempo e ter uma ideia de como viviam aquelas pessoas.

    03. VISITAR A FEIRA DE OURO PRETO
    Sempre digo que as feiras são os melhores lugares para conhecer o modo de vida de uma cidade. Elas concentram um pequeno microcosmo da sociedade onde estão instaladas. A feira de Ouro Preto, por exemplo, é ideal para o turista comprar alguma coisa genuinamente mineira. Existem inúmeras barracas que vendem artesanato em pedra sabão, que é muito abundante na região e foi a principal matéria prima de Aleijadinho. Além disso é possível comer petiscos locais, comprar camisetas, postais, e todo tipo de lembrança.

    Ouro Preto 06

    Mina de Passagem

    04. EXPLORAR AO MENOS UMA MINA NA CIDADE
    A cidade foi uma das maiores exportadoras de ouro do período colônia. Estima-se que cerca de 800 toneladas de ouro foram levadas da região. Uma mina que recomendo a visita é a Mina de Passagem, que fica entre Ouro Preto e Mariana. A entrada é paga, mas após pegar o pequeno trenzinho que te levará para o interior da mina, você entrará num mundo que poucos fizeram parte. Essa mina funcionou até 1985 e estima-se que tenha sido extraído 35 toneladas de ouro só nela. Ela é a maior mina de ouro aberta no mundo e será possível ainda mergulhar nos túneis alagados no interior da mina. Você irá se sentir o Indiana Jones!

    05. VISITAR A CASA DE TIRADENTES
    Bem, aqui não é a efetiva casa em que Tiradentes morou, já que após sua morte, D. Maria I mandou demolir a construção original e salgar todo o terreno para que nada mais nascesse ali. Com a persistência do povo mineiro, em 1928 foi construída uma nova casa e que hoje abriga a Associação Comercial e Empresarial de Ouro Preto. Na parte interna ainda é possível ver um busto de Tiradentes feito pelo artista Bruno Giorgi. Como eu já havia dito, a história passará por você em casa pedra da cidade.

    06. BANHE-SE NA CACHOEIRA DE BRÁS GOMES
    Esse é o tipo de passeio pra quem gosta de curtir a natureza. A Cachoeira de Brás Gomes faz parte do parque Floresta Estadual Uaimii e fica cerca de 52 Km do Centro de Ouro Preto. É possível chegar bem perto da trilha de carro, o que não será tão cansativo. Essa cachoeira não é tão badalada e certamente você irá fazer fotos sensacionais. A cachoeira tem cerca de 80 m no total, mas dividida em 3 quedas. Por uma trilha será possível chegar até a base dela e a cada parada você contemplará uma paisagem diferente. Há uma “Janela do céu” em uma das quedas onde você fará suas melhores fotos!

    Ouro Preto 07

    Cachoeira das Andorinhas

    07. PARQUE MUNICIPAL DAS ANDORINHAS
    O Parque Municipal das Andorinhas é ideal para fazer passeios de bicicletas, passar o dia em contato com a natureza, principalmente se no grupo tiver idosos e crianças. As trilhas são bem moderadas e lá dentro é possível encontrar lagos, corredeiras e cachoeiras. A estrutura do local oferece banheiros, Wifi, churrasqueira, ou seja, tem um a estrutura que permite passar o dia e descansar das muitas ladeiras da cidade. Um destaque para a Cachoeira das Andorinhas que cai numa fenda e para chegar até ela, será preciso ir pela água. A beleza do lugar, nenhuma fotografia consegue captar.

    08. FAÇA O PASSEIO DE TREM OURO PRETO / MARIANA
    Um passeio de trem combina perfeitamente com o clima do local. É possível conhecer algumas vilas e distritos próximos de Ouro Preto e fugir um pouco dos passeios mais tradicionais. De trem, por exemplo, é possível ir até a linda cidade de Mariana num passeio que dura cerca de 1 hora. O trem oferece dois tipos de vagões: o tradicional e o panorâmico. Acredite, você irá ter uma das melhores experiências da sua viagem a bordo desse trem. Ele vai passando por serras, vales e cachoeiras e é um passeio que você poderá fazer em um dia.

    Ouro Preto 09

    As igrejas irmãs, Mariana.

    09. CONHEÇA A CIDADE VIZINHA DE MARIANA
    Mariana é outra cidade com um rico acervo cultural e histórico. Como a cidade fica a uma hora de trem, é possível passar o dia lá e ao final da tarde retornar para Ouro Preto. Entre as tantas atrações não deixe de visitar as igrejas gêmeas da cidade. Reza lenda que elas foram construídas na mesma praça porque foram alvo de disputas de duas famílias poderosas da cidade e uma queria mostrar seu poderio à outra. No final das contas, as igrejas ficaram bem parecidas.

    10. VISITE TODAS A IGREJAS DE OURO PRETO
    Se você não é religioso, vá pelo aspecto histórico e cultural. As igrejas da cidade marcam um período e a história local e do próprio Brasil. Algumas possuem arquiteturas únicas, já que foram construídas por artistas que viviam naquela região. Não é à toa que elas encantam gente de todo o mundo.
    Segue uma pequena lista das igrejas que você não pode deixar de visitar:
    Igreja de São Francisco de Paula – uma das que mais chamam atenção na cidade, pois ela está isolada no alto de um morro;
    Igreja de Nossa Senhora da Mercês e Misericórdia – Pequena e não tão suntuosa, não pode ficar de fora do roteiro, já que fica no centro. Tem um mirante sensacional;
    Igreja Nossa Senhora do Carmo – Umas das igrejas que mais demorou em sua construção, devido aos conflitos entre construtores e doadores do terreno. Um perfeito exemplar do estilo rococó;
    Igreja Nossa Senhora do Rosário – O ano de início da construção é incerto, mas foi construída com contribuições de uma irmandade de homens negros;
    Igreja de São Francisco de Assis – Uma das maiores obras de Aleijadinho e também uma das mais fotografadas no país. Seu estilo barroco é um marco do estilo colônia do Brasil;
    Igreja Nossa Senhora do Pilar – Uma das mais famosas da cidade e já foi uma das irmandades mais ricas. É a igreja que mais concentra ouro em sua decoração.

    Se você não tiver uma paixão incondicional por Minas Gerais, certamente Ouro Preto fará isso contigo. A história do lugar, as ladeiras, a culinária, o entardecer, as igrejas, as trilhas… enfim.
    Você poderá escolher que tipo de roteiro fará. Se será um mais histórico ou um roteiro mais voltado para a natureza. Em ambos os casos, você sairá com a alma e a roupa encharcada de chão, assim como Milton Nascimento já cantou.
    A agência de turismo De Passaporte possui campanhas durante todo o ano onde oferecemos passagens aéreas com descontos exclusivos e hospedagens com valores reduzidos. Assim, facilitamos a vida das pessoas para que elas conheçam cada vez mais as belezas de um país tão monumental. Viaje mais! Acesse nossa página e confira as ofertas: depassaporte.com.br/lazer

    Deixe seu comentário
  • Descubra os encantos da Chapada Diamantina

    Chapada Diamantina, Vale do Capão, por Erick Rabello 14

    Vale do Capão

    A Chapada Diamantina é uma das regiões mais bonitas do Brasil e guarda uma riqueza natural e cultural que encanta quem passa por lá. Ao todo, 24 cidades fazem parte da região e ainda tem o Parque Nacional da Chapada Diamantina, criado em 1985 e que engloba apenas algumas delas. Ou seja, muitas cidades são na região, mas não fazem parte do parque. É bom entender isso se você quer começar a explorar a região.
    Como é uma região muito grande, não vá acreditando que você conhecerá tudo de uma vez. O ideal é que você escolha um tempo específico e explore apenas algumas cidades. Em geral as pessoas costumam conhecer os locais mais visitados, mas deixam de conhecer aqueles lugarzinhos mais escondidos ou que não entram nos grandes circuitos.
    Nossa ideia é fazer alguns textos sobre a região, para que você conheça com calma. Nesse primeiro texto, vamos falar um pouco sobre a Vila de Caeté Açú, ou popularmente conhecida como Vale do Capão.

    Chapada Diamantina, Vale do Capão, Erick Rabello 13

    Vila do Vale do Capão

    Vale do Capão, um oásis de paz no meio da Chapada Diamantina

    O Vale do Capão é um distrito que faz parte da cidade de Palmeiras. Cravado entre as Serras da Larguinha e a do Candombá, o vale começou a ganhar notoriedade a partir dos anos 80 e atualmente é uma das regiões que mais atrai turistas para a Chapada Diamantina. Isso se dá, principalmente, pela localização geográfica da cidade de Palmeiras, que concentra uma grande quantidade de atrações naturais. Com isso, você conhecerá boa parte de rios, morros e cachoeiras gastando um pouco menos que ficar circulando de uma cidade para outra. Sim, se você quiser conhecer os pontos que geralmente são citados sobre a região, você terá que cair na estrada e pular de cidade em cidade. Se você não conhece a região, acredito que o Vale do Capão seja um bom ponto de partida.

    COMO CHEGAR
    Você poderá chegar no Vale do Capão de ônibus/carro ou de avião. O aeroporto mais próximo fica na cidade de Lençóis, uma das mais estruturadas da região. Os voos são feitos pela Azul Linhas Aéreas com saídas de São Paulo, Belo Horizonte e Salvador (verifique os dias em que possuem voos para a região).
    De carro, saindo de Salvador, você poderá tomar a BR 324 até a cidade de Feira de Santana e de lá pegar a BR 116 até chegar na BR 242. Não é difícil. Você pode pegar também a Estrada do Feijão, que é um pouco mais longa que a BR 116, mas é mais calma e o motorista não pega tanto trânsito de caminhão.
    Se for de ônibus, em Salvador tem saídas diárias às 7:00h, às 13:00h e às 23:00h. Em períodos mais festivos e na alta estação, costumam ter horários extras.
    Se você chegar no aeroporto de Lençóis, terá que pegar um carro até o Vale do Capão. Se não encontrar carro para o Vale, você poderá ir até Palmeiras e, de lá tomar um carro até o Vale.
    Se você chegar de carro em Palmeiras, precisará percorrer mais 20 Km na estrada vicinal Palmeiras / Vale do Capão.
    Se você chegar de ônibus, ao descer na rodoviária terão alguns carros que fazem o transporte até o Vale do Capão. Não se preocupe, pois os motoristas já esperam no horário de chegada dos ônibus. Aí você percorrerá mais 20 Km na estrada vicinal Palmeiras / Vale do Capão.
    O ponto final no Vale do Capão quase sempre é a praça. Às vezes o motorista irá passar pelo local que você se hospedará, então sempre peça indicação.

    ONDE FICAR
    A vila tem inúmeras opções de hospedagens. Você encontrará desde pousadas mais requintadas, até pousadas mais baratas. Se você tiver o espírito mais aventureiro, poderá ficar em algum camping. Programe sua viagem sempre com antecedência, já que em períodos de feriados e alta estação fica difícil encontrar hospedagem. Se isso acontecer, não se acanhe em ficar em um camping, pois eles possuem boas estruturas com banheiros, cozinhas, etc. O atendimento na região é sempre muito bom e eles te fazem sentir em casa.

    Chapada Diamantina, Vale do Capão, Erick Rabello 06

    Cachoeira da Fumaça

    O QUE FAZER
    01. VISITAR A CACHOEIRA DA FUMAÇA
    A trilha que leva até a cachoeira é em nível moderado. Você precisará subir aproximadamente 2 Km e depois andar mais 4 Km no plano. Pode até ser cansativo, mas se for com calma, você nem sentirá tanto. A cada 10 m de subida você será recompensado com uma paisagem exuberante.
    Aqui é o ponto que mais atrai pessoas para a região. Com seus 380m de queda d’água, a Cachoeira da Fumaça é um espetáculo da natureza. Em alguns períodos do ano ela fica quase seca, mas em seu período mais abundante o vento encontra a água da Cachoeira e faz com que ela retorne dando um banho, como se fosse chuva. Além de tudo isso, você está de frente para um vale e uma imensidão de céu e verde. As árvores, vistas lá de cima, parecem minúsculas!

    02. EXPERIMENTAR A PIZZA INTEGRAL DO VALE DO CAPÃO
    Uma pizza totalmente diferente onde a massa é integral e o recheio é feito de queijo, molho e cenoura. Se você não gosta de massa integral, nem vai sentir, porque a pizza é muito saborosa. Além disso, o lugar é extremamente rústico e aconchegante. Em noites mais frias, a pizzaria fica cheia. É comum encontrar grupos de amigos e famílias reunidas. Ah, não esqueça de pedir um suco natural feito lá mesmo.

    Chapada Diamantina, Vale do Capão, Erick Rabello 01

    Cachoeira do Rio Preto

    03. TOMAR UM BANHO RELAXANTE NAS CACHOEIRAS DE RODAS E DO RIO PRETO
    Essas trilhas não são difíceis de fazer. Elas costumam encher, em função da pouca dificuldade para encontrar. A Cachoeira de Rodas fica no caminho para o Rio Preto e é um imenso paredão onde será possível tomar um banho frio e relaxante. Algumas pessoas costumam ver o pôr-do-sol aqui, já que a posição dele faz com que o sol se ponha no vale.
    Seguindo um pouco mais será possível encontrar A Cachoeira do Rio Preto. Ela tem um poço, onde é possível nadar. O lugar parece uma grande praia de pedras. Não deixe de se banhar nas águas geladas da cachoeira, pois elas deixarão seu corpo mais leve e aliviará o cansaço e o estresse.

    04. PRATIQUE ALGUMA ATIVIDADE PARA A MENTE
    Para quem viaja buscando um relaxamento ou uma paz espiritual, recomendo tirar um dia para praticar alguma atividade nessa área. Algumas pousadas oferecem serviços como retiros espirituais, aulas de Yoga, rodas de cura, massagem, acupuntura, estudos Xamânicos, etc. Isso combina muito com a natureza de paz do lugar. Para se ter uma ideia, a paz ainda reina na vila e não há polícia. Já imaginou isso no Brasil atual?

    05. CONHEÇA AS ATIVIDADES CULTURAIS DO CIRCO DO CAPÃO
    O circo tem uma tenda fixa na Rua do Jucá. Cercado de verde, o circo é um motor cultural na Vila. É comum ter apresentações na praça, principalmente em dias de festas, mas não deixe de visitar a instalação do circo. Dança, teatro, música, poesia, cinema e o que mais couber nesse caldeirão fazem parte da rotina dos artistas e eles envolvem toda a população e os visitantes. É comum encontrar pessoas do mundo todo participando das apresentações.

    Chapada Diamantina, Vale do Capão, Erick Rabello 11

    Morro do pai Inácio

    06. VEJA O POR DO SOL NO MORRO DO PAI INÁCIO
    Esse é um passeio que recomendo ser feito enquanto você está dirigindo-se ao Vale do Capão, pois o Morro do Pai Inácio ainda está na BR 242, mas dentro dos limites da cidade de Palmeiras. É uma trilha de fácil acesso que pode ser feita com crianças. É possível subir uma boa parte do Morro de carro. Na parte final dá para estacionar e iniciar a trilha a pé. Após a guarita, onde efetua-se o pagamento da taxa de entrada, você já estará no topo em 20 a 25 minutos. A vista lá de cima é magnífica e você já sentirá a paz que as pessoas costumam falar. A vista é em 360º e o pôr-do-sol é algo magnífico. Os tons de cores que serão impressos no céu te farão voltar para a visitar a Chapada Diamantina. O ideal é subir até às 16:00h, aproveitar um pouco, tirar fotos e depois curtir o astro rei se despedindo. Ah, não deixe de encontrar a pedra com formato de coração.

    Chapada Diamantina, Vale do Capão, Erick Rabello 12

    Vilarejo de Conceição dos Gatos

    07. CONHEÇA CONCEIÇÃO DOS GATOS
    Esse vilarejo está começando a ganhar notoriedade na região. A entrada fica na Estrada Vicinal Palmeiras / Vale do Capão e você encontrará um lugar ainda mais simples e rústico que o Vale do Capão. Tem a Cachoeira da Boa Vista que fica num quintal de uma moradora! Você paga uma taxa e por uma trilha de fácil acesso e bem demarcada, encontrará um oásis de diversão. O rio que passa pelo local forma alguns poços e ainda tem uma cachoeira gigante, onde é possível chegar na parte de cima e de baixo. Do alto, você poderá ver o horizonte com suas casas simples e jeito acolhedor. Não deixe de experimentar a galinha caipira que a dona do local oferece. Assim que chegar, já marque a hora que irá voltar da Cachoeira e ela irá preparar a iguaria. Na volta, tente passar algum tempo no Riachinho, já que ele fica na estrada e tem fácil acesso.

    08. VISITE A FEIRA DO VALE DO CAPÃO
    Quer conhecer realmente um local? Vá em sua feira ou no mercado da região. A feira do Vale do Capão acontece nas manhãs de domingo. É uma mistura de gente, cheiros, cores, culturas embrulhadas pela simplicidade do povo de lá. Alguns feirantes chegam de outras cidades para vender seus produtos orgânicos a um preço bem justo. Como fica na praça principal, a sensação que você tem é que toda a vila se encontra ali. Dica: não deixe de experimentar o delicioso pastel de palmito de jaca.

    Chapada Diamantina, Vale do Capão, Erick Rabello 09

    Morrão ao fundo

    09. FAÇA A TRILHA DE ÁGUAS CLARAS / MORRÃO (MONTE TABOR)
    Uma das trilhas mais bonitas da região. Tem dois caminhos para chegar até os locais. Você pode seguir pela trilha de Conceição dos Gatos, ou pela trilha que fica ao lado da entrada da Cachoeira da Fumaça. Se for por Conceição dos Gatos, você sairá nas costas do Morrão. Ele está entre os mais altos da região e é possível avistá-lo de várias cidades da Chapada. A subida dele é um pouco íngreme e é recomendada para quem já tem mais experiências com trilhas. Lá do alto você tem uma visão em 360º de paisagens exuberantes e de algumas cidades.
    Já Águas Claras trata-se de uma pequena cachoeira de águas cristalinas e um poço delicioso para se banhar e tirar fotos sensacionais. Ela fica nos pés do Morrão e serve de refresco após a longa descida.

    10. VISITE O POÇO DA ANGÉLICA E A CACHOEIRA DA PURIFICAÇÃO
    Outra trilha de fácil acesso, mas que nem por isso deixa de exigir cuidados. O Poço da Angélica fica numa trilha após a Vila do Bomba e é um dos pontos mais refrescantes do Vale do Capão. Um enorme poço de águas geladas que farão seu corpo revigorar. Seguindo mais adiante e em algumas partes pelo leito do rio, será possível chegar na Cachoeira da Purificação. Lá você irá encontrar mais um poço de águas claras e geladas uma queda d’água que te fará uma massagem natural. Encrustado entre dois paredões, ele só bate sol em poucas horas do dia, mas a beleza do lugar é indescritível.

    O Vale do capão ainda reserva mais algumas outras trilhas de fácil e de difícil acesso, mas você poderá descobrir aos poucos. Aqui seria um bom início para quem não conhece a região ou para quem já conhece e gosta de voltar sempre. A agência de turismo De Passaporte sempre disponibiliza passagens aéreas e hospedagens com descontos exclusivos em vários períodos do ano. Acesse nosso site e faça uma pesquisa: depassaporte.com.br/lazer

    Algumas dicas nunca serão demais:
    Leve roupas de frio e calor;
    Leve um pouco de dinheiro consigo, pois em alguns locais não tem banco;
    Use tênis ou bota confortáveis e que você já tenha testado antes;
    Protetor solar é item obrigatório, pois você está em locais mais altos;
    Beba bastante água durante todo o dia;
    Valorize a culinária e os comerciantes locais, pois ele vivem disso;
    Não arranque plantas. Não traga nada além de fotos e boas recordações,
    Não faça trilhas sem a companhia de um guia, a não ser que tenha experiência;
    Evite barulho excessivo e apenas escute a natureza;
    E o mais importante de tudo: viaje sempre!

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário
  • 08 coisas para fazer no Rio de Janeiro

    Rio de Janeiro 01

    Vista panorâmica do Rio de Janeiro.

    O Rio de Janeiro é uma das cidades mais bonitas do Brasil, quiçá do mundo. Não foi à toa que os portugueses se encantaram pela beleza natural que salvam aos olhos. As cadeias de montanhas, baías e o verde por todo o lugar. Ao longo dos séculos, a cidade ganhou importância e se tornou capital da colônia portuguesa e depois se tornou capital do império. Foi a última capital do Brasil até a transferência para Brasília no final dos anos 60.
    Mas a cidade não perdeu seu encanto. Assim como Salvador, que tinha sido a primeira capital, o Rio guardou muitas características da época do Brasil Império, junto com seus palácios suntuosos, museus e prédios históricos. A cidade ainda tornou-se um dos destinos internacionais mais conhecidos e reconhecidos em todo o mundo. Preparamos alguns lugares que você precisa conhecer ao passar pela cidade.

     O Rio de Janeiro continua cênico

    01. VISITAR O CRISTO REDENTOR
    Rio de Janeiro 02Não passe pela cidade sem ir ao Cristo Redentor. Talvez seja uma das imagens mais clássicas quando as pessoas lembram do Brasil lá foda. Uma estátua de 38 metros de altura e de braços abertos para cidade. Lá de cima é possível ter uma vista em 360º de toda a cidade. Eis o lugar para tirar aquela foto clássica com os braços abertos. O difícil é encontrar um espaço para fazer a foto, já que o espaço é disputado por pessoas do mundo todo. Se possível, não deixe de ver o pôr-do-sol.
    Se você tem um bom preparo físico e gosta de ter mais contato com a natureza, sugiro subir o Morro do Corcovado pela trilha que inicia no Parque Lage. Apenas contrate um guia e curta suas 3 horas de trilhas até chegar no topo.

    02. VISITAR OS MORROS DA URCA E DO PÃO DE AÇÚCAR
    Aqui um dos cartões postais mais bonitos do Rio. Não deixe de visitar os morros e atravessar no bondinho. É um valor um pouco alto, mas você não fará isso todo dia. Então, separe uma grana para fazer esse passeio.  A vista lá de cima é sensacional e o pôr-do-sol dourado refletindo na Baía de Guanabara vai deixar essa imagem gravada em sua mente. Acredite!
    Uma outra coisa que você pode fazer é subir o Morro da Urca numa trilha de 40 minutos a partir da pista Claudio Coutinho. O caminho é lindo e você vai acompanhando as paisagens à medida que vai subindo e isso tudo com calma para tirar as melhores fotos. Chegando no topo do Morro da Urca você pode pegar o bonde até o Morro do Pão de Açúcar. Fique atento para contratar um guia se você não tiver experiência com trilhas.

    03. PASSE UMA TARDE NO JARDIM BOTÂNICO
    O Jardim Botânico do Rio é uma atração à parte. Tire um dia para fazer esse programa e, principalmente, se no grupo estiverem idosos ou crianças. O jardim conta com exemplares de plantas de todo o mundo e tem um corredor de palmeiras imperiais plantadas sob o pedido de D. Pedro II. Inúmeras novelas já foram gravadas aqui e o local é excelente para fazer aquelas melhores fotos de viagem. Além disso, você poderá visitar uma antiga fábrica de pólvora anterior ao período do império. Como há proximidade com os locais, é possível incluir no roteiro uma visita a Cascatinha de Taunay e o Açude da Solidão.

    04. VISITAR O MUSEU DO AMANHÃ
    Rio de Janeiro 03O museu foi inaugurado em 2015 tornou-se um dos pontos turísticos mais bonitos da cidade. Ele fica num local chamado Porto Maravilha, próximo à Baía de Guanabara, que era sujo e perigoso e a revitalização deu vida ao lugar. As exposições do museu quase sempre são interativas e fazem você pensar o futuro do planeta. Programa ideal para fazer com amigos, família, etc. Não esquece a máquina fotográfica, pois eu prometo que você irá tirar excelentes fotos de sua viagem.
    Já que você estará mesmo no Museu do Amanhã, recomendo visitar o MAR – Museu de Arte do Rio, pois ambos ficam na mesma região. Outra atração imperdível é o Mural Etnias, que está entre os maiores murais do mundo e foi idealizado e produzido pelo artista paulistano Kobra.

    05. PASSEIO DE BARCO DA MARINHA PELA BAÍA DE GUANABARA
    Um local pouco explorado no Rio é o Espaço Cultural da Marinha. Você poderá visitar um submarino ou uma réplica da nau do descobrimento ou até mesmo um helicóptero museu. Ainda há a opção de visitar o Museu do Espaço.
    Se esse tipo de programa for do seu interesse, ainda é possível navegar na Baía de Guanabara numa das embarcações da Marinha com guia contando toda a história dos locais onde a História do Brasil aconteceu. Ainda é possível visitar a histórica Ilha Fiscal, onde há um castelo e que foi palco de um dos últimos bailes do império.

    06. VISITAR O PARQUE LAGE
    Costumo dizer que nesse tipo de programa é que você entra realmente em contato com o espirito de um lugar. O Parque Lage é uma construção arquitetônica lindíssima, tombado pelo IPHAN e guarda páginas e páginas da nossa história. O local conta com muito verde, pequenas trilhas para conversar e anda ao ar livre. Dentro do casarão ainda é possível encontrar um café que, nos finais de semana, serve café na beira da piscina.

    Rio de Janeiro 07

    Arcos da Lapa.

    07. VISITAR O BAIRRO DA LAPA
    Aqui é onde a noite do Rio assume sua melhor face. O bairro abriga todos os ritmos, todas as tribos e a alegria toma conta. Você pode encontrar festas que se dedicam ao samba, ao funk, a gafieira ou ao rock. Tanto faz. Aqui hippies, estudantes, gente bonita, gente descolada se encontram para curtir o melhor da noite. A noite aqui é bem segura para se divertir e ainda será possível visitar os famosos Arcos da Lapa e Escadaria Selarón, famosa no mundo todo.

    08. TOMAR UM BANHO NO MAR DE COPACABANA
    Você não pode dizer que passou pelo Rio se não se banhou nas águas da Praia de Copacabana. A praia é uma das mais conhecidas no mundo e palco de um dos maiores réveillons do país. Sua imensa faixa de areia fica pequena para o tanto de gente que vai se dourar no famoso sol carioca. Recomendo chegar cedo e aproveitar as primeiras horas do dia. Uma facilidade é que existem estações de metrô que deixam o visitante bem próximo do local.

    O Rio de Janeiro é uma cidade que oferece muitas possibilidades. Claro que ainda há uma infinidade de coisas que você pode fazer ao visitar a cidade. Além da Praia de Copacabana, você pode visitar as praias do Leme, do Arpoador, etc. Você pode fazer uma visita mais histórica e incluir o Real Gabinete Português ou o Palácio do Catete. Como a cidade é cercada por morros e montanhas, você pode fazer diferentes trilhas por eles ou até mesmo saltar de asa delta, enfim… O Rio de Janeiro é capaz de tornar sua viagem inesquecível.
    A agência de turismo De Passaporte preparou uma campanha especial para oferecer passagens com descontos exclusivos para a cidade e hospedagens com tarifas reduzidas. Nós já te damos as dicas e o roteiro e agora só falta você pesquisar nossas promoções.
    Clique aqui e veja o que preparamos pra você: depassaporte.com.br/lazerrj

    Deixe seu comentário
  • TAP passa a emitir passagens aéreas para o Congresso Intercontinental de Direito Civil

    Congresso Intercontinental de Direito Civil - Universidade Coimbra, PortugalPortugal

    Universidade de Coimbra, Portugal.

    Para oferecer ainda mais vantagens aos participantes do Congresso Intercontinental de Direito Civil, que acontece nos dias 15 e 16 de novembro de 2019, na cidade de Coimbra, Portugal, a TAP Air Portugal passa a oferecer passagens aéreas com descontos exclusivos para os participantes do evento.
    A agência de turismo De Passaporte passa a cuidar de toda a operação de hospedagens e a TAP Air Portugal passa a cuidar da emissão de passagens aéreas. Dessa maneira, o participante poderá economizar até 15% de descontos.

    Ainda está fácil chegar até Portugal para o evento

    Veja como funciona:
    A oferta é válida exclusivamente para compras realizadas no site da TAP com cartão de crédito.
    Para aproveitar é fácil:
    01. Primeiro você deve acessar o site da TAP – flytap.com;
    02. Em seguida selecione datas de ida e volta;
    03. No final da página de seleção de voos você deve marcar a opção ‘Tenho um código promocional ou de congresso’ e inserir o código. Pronto! Os descontos serão aplicados e você vai economizar até 15% na compra.

    Essas condições especiais para adquirir passagens aéreas estão sob responsabilidade do evento. A De Passaporte irá intermediar apenas as opções de hospedagem com tarifas especiais para o congresso.

    Informações importantes para passagens aéreas:
    01. O desconto aplicável a este evento é válido apenas para reservas online feitas através do site da TAP Portugal www.flytap.com e com pagamento por cartão de crédito;
    02. O bilhete será sempre um bilhete eletrônico;
    03. Reservas feitas anteriormente por agências de viagens ou em nossas mesas não são elegíveis para este desconto;
    04. O preço final mostrado no final da reserva é a tarifa final, incluindo o desconto e todos os impostos relacionados. O desconto é aplicável apenas sobre a tarifa, excluindo todos os impostos relacionados à viagem;
    05. O desconto aplica-se apenas aos voos operados pela TAP. As reservas em ou que incluem voos code-share operados por outras companhias aéreas ou por outras companhias aéreas não se beneficiam do desconto. Os voos code-share são identificados em reservas on-line com a mensagem “OAL”;
    06. O desconto não é cumulativo com tarifas para residentes / estudantes / crianças / bebês / idosos, milhas de desconto, etc;
    07. O desconto aplica-se apenas para viagens ao evento. É válido para viagens de ida e volta a partir de qualquer destino da TAP para Lisboa ou Porto;
    08. A reserva pode ser feita a qualquer momento. As datas de viagem devem ser compreendidas no período de 10 dias antes / 10 dias após as datas do evento. As datas do evento devem ser compreendidas no período de viagem;
    09. O desconto também é estendido aos participantes acompanhantes (adultos);
    10. As condições e restrições relativas a alterações e reembolsos são as da tarifa aplicável. Por favor, verifique os detalhes da tarifa antes de terminar a sua reserva.

    Para garantir sua hospedagem acesse www.depassaporte.com.br/congressointercontinental.

    Deixe seu comentário
  • Os principais eventos de 2019 passam pelo Expo Center Norte

    O Expo Center Norte foi inaugurado em novembro de 1993 e já nasceu com a missão de incluir a Zona Norte de São Paulo como um novo polo de feiras e congressos. Com o passar dos anos, o espaço ganhou importância, devido a sua capacidade de comportar mais de um evento de forma simultânea e pela modernidade do equipamento. Atualmente o espaço conta com 98 mil m² distribuídos em 5 pavilhões capazes de comportar eventos de grande porte, de forma simultânea. Além disso, o espaço conta com 22 auditórios e um centro de convenções que comporta até 4500 pessoas. Preparamos uma lista dos principais eventos que irão ocorrer em 2019 para que você não fique de fora.

    Expo Center Norte 02

    Vista da cidade de São Paulo.

    Pavilhões que comportam até 5 eventos simultâneos

    01. Grand Prix Magic Gathering – Trata-se de um evento do Jogo de cartas Magic. O evento conta com algumas datas ao redor do mundo e em 2019 acontece uma data no Brasil. Estarão presentes artistas famosos dentro do segmento, como Steve Argyle, Josu Hernaiz e Ryan Yee, que farão sessão de autógrafos com fãs. Além disso, o evento contará com painéis de criadores dos jogos, game designers, como Doug Beyer e Aaron Forsythe. O evento também contará com disputas e premiações que podem chegar a 10 mil Reais.
    Quando: De 12 a 14 de abril de 2019.

    02. ERP Summit – Eis o maior evento sobre software de gestão na América Latina. As principais empresas do ramo estarão aqui para discutir as tendências e inovações para o setor no ano de 2019. A busca aqui é pela maturidade do setor que apresenta crescimento, mesmo com a delicada situação econômica do país. Ambiente perfeito para aproximação, networking e parcerias para novos negócios. O evento ainda terá encerramento com show de Marco Luque.
    Quando: 16 de abril de 2019.

    03. Feiplastic 2019 – Um dos principais eventos voltados para a área do plástico no país. Criado na década de 80, o evento conseguiu fazer com que o mercado se adaptasse as muitas mudanças relacionadas à produção, descarte e meio ambiente. O evento concentra mais de 1000 marcas nacionais e internacionais e é um importante polo para troca de experiências, atualização, networking e possibilidade de novos negócios.
    Quando: De 22 a 26 de abril de 2019.

    04. GovTech 2019 – Trata-se de um evento voltado para pensar a tecnologia como ferramenta de melhoria na gestão pública e consequente melhoria na qualidade de vida da população. A edição anterior contou com representantes de 10 países, 13 palestrantes internacionais, 35 palestrantes nacionais e uma agenda GovTech para o Brasil, com propostas de melhorias para a gestão pública, que incluía conselhos como o foco no cidadão, equidade, ecossistema favorável, combate à burocracia, educação para a área tecnológica, etc. É o tipo de evento importante para gestores públicos, legisladores, autoridades públicas, startups, investidores, ONGs e imprensa.
    Quando: 24 de abril de 2019.

    05. Healthtech 2019 – Um evento voltado para a área de tecnologia e medicina e que, a cada ano, vem ganhando mais e mais importância. A ideia aqui é discutir as principais diretrizes e tendências que a tecnologia assumirá dentro do campo medicinal. Hoje um médico nem precisa estar no mesmo local que o paciente para realizar uma cirurgia. Isso pode ser feito por um robô de alta precisão, orientado pelo profissional em outro lugar. O evento é direcionado tanto para a área de medicina, quanto a área tecnológica. Uma oportunidade para conhecer tendências, networking e possibilidade de negócios.
    Quando: 25 de abril de 2019.

    06 PROTAGON – “Um programa capaz de conduzir cada pessoa ao encontro do seu propósito de vida, valores e desejos mais profundos”. É assim que o evento se descreve em sua página oficial. Trata-se de reprogramar a mente para conseguir novos e melhores resultados, através da inteligência emocional, reprogramação de crenças, controles de pensamentos, rotinas de alta performance, entre outros. O programa é oferecido pelo treinador Wendell Carvalho, especialista em mudança comportamental e estratégias para atingir metas.
    Quando: De 31 de maio a 02 de junho de 2019.

    07. FRANCAL – Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios
    Expo Center Norte - Francal
    A feira é um dos maiores eventos do seu segmento, pois costuma lançar as tendências do verão e atrai uma visitação global, já que a moda brasileira é muito observada, tanto dentro, quanto fora do país. São três dias de intensa programação, com exposições, palestras, etc. Um ambiente totalmente voltado para a moda e geração de negócios.
    Quando: De 03 a 05 de junho de 2019.

    08. China Day & Industria 4.0 – Um evento para celebrar a China e seu enorme potencial de crescimento. A ideia aqui é mostrar ao mundo as inovações que estão sendo implementadas no país e apresentar a fórmula que faz o país crescer uma média maior que o resto do mundo. Evento ideal para atualizar-se, fazer network e abrir possibilidades de novos negócios. Evento imperdível para empresários e gestores públicos de diferentes setores. É preciso entender como a China se tornou um dos líderes na economia global.
    Quando: 18 de junho de 2019

    09. 26ª FIPAN – Feira Internacional de Panificação, Confeitaria e do Varejo Independente de Alimentos
    Expo Center Norte - FIPAN
    A FIPAN é a maior feira de panificação e confeitaria da América Latina e chega em sua 26ª edição consolidada entre empresários participantes e organizadores como uma grande plataforma para novos negócios. A ideia aqui é promover o relacionamento no setor, apresentar novidades em automação comercial, insumos, máquinas, equipamentos, matéria-prima, embalagem, enfim, a possibilidade única de conhecer todas as novidades do mercado.
    A última edição contou com 64 mil visitantes em sua grande maioria formada de proprietários, diretores e gerentes e um alcance nacional de 100% dos Estados do Brasil. Além disso, empresários de 47 países também participaram da feira.
    Quando: De 23 a 26 de Julho de 2019.

    10. ABAV Expo Internacional de Turismo – A 47ª ABAV Expo Internacional de Turismo e 52º Encontro Comercial Braztoa apresenta sua edição de 2019 consolidada como uma das maiores e mais importantes feiras de negócios e turismo do Brasil. Ao reunir toda a cadeia turística, a ABAV Expo desempenha o importante papel de agente transformador do setor. O evento aproxima as pessoas e propõe um novo olhar para trabalhar o turismo contemporâneo. O evento acontece em três dias consecutivos e reúne gente de todo o Brasil ligado ao setor de turismo.
    Quando: De 25 a 27 de setembro de 2019.

    11. 16º Congresso Internacional de Técnicos em Prótese Dentária – O maior evento da área de pr´tese dentária das Américas chega em sua 16ª edição mais forte que nunca. Essa edição tem a expectativa de receber 10000 participantes entre cirurgiões dentistas, técnicos em prótese dentária, auxiliares e acadêmicos. O evento reúne em um mesmo local Programação científica e Exposição Comercial. Sem dúvida, é um evento imperdível para a área de odontologia.
    Quando: De 03 a 05 de outubro de 2019.

    Expo Center Norte - Silicon Valley Conference

    Orkut Büyükkökten

    12. Silicon Valley Conference
    O maior evento de inovação e futuro do mundo chega em sua 5ª edição e o local escolhido foi a cidade de São Paulo. O Vale do Silício tornou-se um dos polos de criação, inovação, tecnologia e startups bilionárias no mundo. A ideia aqui é colocar empresários e investidores de frente com as maiores cabeças do Vale do Silício. Essa edição vai contar com palestra de Orkut Büyükkökten, o criador do Orkut e que teve um forte impacto na disseminação de redes sociais como conhecemos hoje.
    Quando: 30 de novembro de 2019

    A agência de turismo De Passaporte preparou uma campanha especial para atender pessoas interessadas nos eventos que ocorrem no Expo Center Norte durante todo o ano. São passagens aéreas com descontos exclusivos e hospedagens próximas, com tarifas reduzidas. Acesse o site e confira as vantagens: depassaporte.com.br/expocenternorte

    Deixe seu comentário
  • O que fazer em Salvador

    Salvador 02

    Vista do Mirante do Elevador Lacerda.

    Salvador é uma terra mágica e como foi a primeira capital do Brasil, ela aguarda um acervo histórico e cultural gigantesco. É possível, por exemplo andar por alguns lugares e acreditar que você está em alguma cidade de Portugal. Em outros momentos você irá se sentir dentro da própria África, já que a cidade preservou muitos aspectos e costumes dos negros que foram levados para a cidade durante o século XVI. A cidade respira essas culturas, seja nas vestimentas, no modo de vida, na arquitetura e no jeito de viver do baiano. Uma vantagem da cidade é que você consegue fazer boa parte das atividades andando pelas ruas, já que muitas atrações estão próximas, geograficamente falando. Pensando nas pessoas que costumam visitar a cidade, separamos uma lista de algumas coisas para fazer em Salvador durante o tempo livre. Ah, e vamos te dar uma alternativa para essas atrações. Alternativas que só um baiano conhece.

    Salvador para turista / Salvador para baianos
    Salvador 11 por Erick Rabello

    Mercado Modelo

    01. VISITAR O MERCADO MODELO
    PARA O TURISTA:
    O Mercado Modelo é um importante centro comercial no centro da cidade. Ele fica de frente para a Baía de Todos os Santos e de costas para o Elevador Lacerda. É o tipo de atração que você deve incluir junto com o roteiro maior, que englobe todo o centro antigo da cidade.
    A cidade, quando começou a surgir, iniciou-se pela mar. O local onde o primeiro prédio foi instalado não é muito distante do prédio atual, mas em 1969, sofreu um incêndio de proporções catastróficas que não permitiu uma reestruturação. O novo prédio fica cerca de 100 metros de onde situava-se o antigo. Tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o prédio abriga mais de 260 lojas com artesanatos, roupas, presentes e lembranças da Bahia. Em seu terraço ele ainda abriga 02 restaurantes tradicionais, onde você pode almoçar um delicioso prato da culinária baiana de frente para o mar. Imperdível!
    ALTERNATIVA DE BAIANO: Visite a Feira de São Joaquim ainda na cidade baixa. A feira já chegou a ser a maior da América Latina e é um dos principais pontos de abastecimento da cidade. É possível ter uma ideia do microcosmo da cidade. Em geral, fotógrafos fazem costumam se encantar pelo local, em função das cores, das pessoas, da diversidade de produtos. Ela ainda recebe alguns poucos saveiros que chegam da região do Recôncavo trazendo mercadorias, tal qual um século atrás.

    Salvador 01

    Igreja do Bomfim

    02. VISITAR A IGREJA DO BOMFIM
    PARA O TURISTA
    : A igreja fica em uma colina na Península de Itapagipe, Cidade Baixa, uma parte mais no nível do mar e de frente para o centro antigo da cidade. Aqui é possível vislumbrar a beleza de uma das igrejas mais visitadas da cidade e amarrar a tradicional fitinha do Bomfim no gradil fazendo três pedidos. A festa do Bomfim é uma das mais tradicionais da cidade e mistura o sagrado e o profano numa festa que para metade da cidade. Nos arredores é possível visitar outras atrações, como a Praia de Boa Viagem, ou ver o pôr-do-sol na Ponta de Humaitá.
    ALTERNATIVA DE BAIANO: Visitar a Igreja do Rosário dos Pretos, no Pelourinho. Ela foi construída por uma irmandade de homens negros no século XVIII e tem missas totalmente diferente das tradicionais igrejas católicas. As missas são cantadas e tocadas com instrumentos de percussão, que em alguns momentos lembram os cantos do Candomblé. Acredite, você verá uma das mais belas missas.

    03. SUBIR O ELEVADOR LACERDA
    Salvador 10 por Erick RabelloPARA O TURISTA:
    Uma construção iniciada em 1869, o Elevador Lacerda foi o primeiro e mais alto elevador do mundo a servir de transporte público. Ele liga a Cidade Alta e a Cidade Baixa, uma divisão feita pelos portugueses e que dá uma beleza única à cidade. Lá de cima será possível ver toda a beleza da Baía de Todos os Santos, o Mercado Modelo e um pôr-do-sol que vai te fazer voltar. Não deixe de experimentar os sorvetes da Sorveteria Cubana, na parte alta do elevador.
    ALTERNATIVA DE BAIANO: Ao invés de chegar na Cidade Alta de elevador, você pode utilizar os dois Planos Inclinados que ficam próximos. Eles ficam mais escondidos, mas carregam uma nostalgia que só os baianos conhecem. Tem o Plano Inclinado Gonçalves, que liga o bairro do Comércio ao tradicional e bucólico bairro do Santo Antônio Além do Carmo, ou você pode pegar o Plano Inclinado Pilar, que também liga o bairro do Comércio à Praça da Sé. Os planos inclinados faziam o transporte de mercadorias que chegavam no porto para a parte alta da cidade, que era feita em lombo de bois e cavalos ou nas costas de escravos. Os planos são pequenos bondes ligado por um cabo e que transportam apenas passageiros. Uma beleza incomparável que não se vê em outras capitais do país.

    Salvador 02 por Erick Rabello - Copia

    Praia de São Tomé de Paripe

    04.TOMAR UM BANHO NA PRAIAS DO PORTO E DO FAROL DA BARRA
    PARA O TURISTA:
    As duas praias ficam no bairro da Barra e são pontos essenciais a se visitar em passagem pela cidade. A praia do Porto da Barra fica entre dois fortes históricos, o de Santa Maria e o Forte São Diogo. Trata-se de uma pequena faixa de areia, banhado pelas águas mornas da Baía de Todos os Santos. Uma das praias mais disputadas da cidade, mas se puder e o tempo estiver mais quente, tome um banho à noite.
    A praia do Farol da Barra já é em mar aberto, logo as ondas são amis forte, mas você poderá ter um ótimo dia nela e, ao entardecer, ainda poderá ver o pôr-do-sol atrás do Forte de Santo Antônio (Farol da Barra). Programa imperdível!
    ALTERNATIVA DE BAIANO: Fugir um pouco da praias badaladas da cidade e visitar a Praia de São Tomé de Paripe. A orla é bem organizada, mas fica um pouco afastada do centro. As águas são calmas, a comida é boa e mais barata e você ainda terá a sorte de ver o sol se pôr no mar. Ela fica ao lado da base da Marinha brasileira onde os presidentes costumam descansar.

    Salvador 09 por Erick Rabello

    Pelourinho

    05. TIRAR UM DIA PARA VISITAR O PELOURINHO
    PARA O TURISTA:
    Visitar o Pelourinho e o Centro Histórico é uma obrigação de qualquer turista que passe pela cidade. Um conjunto arquitetônico tombado pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e que carrega a história do Brasil em cada pedra que você pisar. A Praça era um local onde os escravos eram castigados, mas a Bahia deu a volta por cima e transformou o local num dos pontos mais bonitos da cidade. Engloba várias praças, museus, ruas, bares e um conjunto arquitetônico que te deixará embasbacado. Anote alguns pontos que você precisa ir: a Catedral Basílica de Salvador; a igreja e o convento da Ordem Terceira de São Francisco, Igreja de São Pedro dos Clérigos; Museu Afro; Fundação Casa de Jorge Amado; Museu de Arqueologia e Etnologia; Museu do Carnaval; os Largos Tereza Batista, Quincas Berro D’água e Pedro Arcanjo; Solar Ferrão; Museu de Gastronomia Baiana; Museu Tempostal, Museu Casa do Benin… Ufa! Cansei! Mas tire um dia só para ficar no Pelourinho, e apreciar as belezas, a musicalidade e o modo de vida do local.
    ALTERNATIVA PARA BAIANO: Desça a ladeira do Pelourinho e suba a ladeira em frente. No meio do caminho, você encontrará a Escadaria do Paço, o local onde foi gravado o filme “O Pagador de Promessas” e subindo um pouco mais você encontrará o bairro do Santo Antônio Além do Carmo, um bairro tradicional e que ainda abriga inúmeros casarões coloniais, convento, igreja e um ar de cidade do interior. Acredite, você esquecerá que está no centro da cidade. Na praça principal do bairro você ainda encontrará aquela cena típica de pequena com coreto, crianças brincando e um muro que dá de frete para a Baía de Todos os Santos. Ah, e não deixe de visitar o Museu da Capoeira que fica instalado num forte.

    Salvador 01 por Erick Rabello

    Solar do Unhão

    06. VISITAR O SOLAR DO UNHÃO
    PARA O TURISTA:
    Visitar o Solar do Unhão, na Avenida Contorno. Um local que já foi sede de uma fazenda de açúcar e que já abrigou um dos homens mais ricos da época das capitanias. É possível encontrar chafariz, senzala, carros de boi, moendas, uma capela e os casarões centenários. Atualmente abriga o Museu de Arte Moderna da Bahia e uma programação cultural agitada. Aos sábados, por exemplo, é possível ouvir um jazz na beira da Baía.
    Outro ponto que é muito fotografado e que é possível ver do pátio do Solar é a comunidade da Gamboa. Algumas pessoas costumam dizer que é a Grécia de Salvador, já que as casas construídas num morro, formam um lindo conjunto visual.
    ALTERNATIVA PARA BAIANO: Visitar a Casa do Rio Vermelho no bairro de mesmo nome. A casa foi de propriedade dos escritores Jorge Amado e Zélia Gattai. É possível mergulhar na vida da família e da casa, já que foi tudo preservado pela família. Está tudo lá, os discos, os livros, as estantes, as obras, os móveis, a cozinha… por um momento você irá se sentir amigo dos falecidos escritores e tomando um chá da tarde com eles.

    Salvador 07 por Erick Rabello

    Fitas do Bomfim

    BÔNUS
    01. Visitar o bairro mais negro do Brasil, a Liberdade, e conhecer o Ilê Aiyê;
    02. Visitar a Praia do Buracão, no bairro do Rio Vermelho;
    03. Comer um acarajé no bairro de Itapuã e de quebra visitar o farol;
    04. Pegar o trem na Calçada, descer na estação do Bairro de Plataforma e atravessar de barco para o bairro da Ribeira;
    05. Visitar o Parque da Cidade;
    06. Sentar à noite nos bares do Rio Vermelho e também comer um acarajé, ou um abará;
    07. Conhecer os bares da Cruz do Pascoal;
    08. Passear pela centenária Avenida 7 de Setembro e observar seus casarões e suas lojas;
    09. Conhecer o bairro do 2 de Julho, um outro bairro tradicional escondido no centro da cidade.

    Salvador tem muitas opções de passeios e atrações para fazer tanto no período do dia, quanto no período da noite. Ficam apenas algumas opções do mar de possibilidade que a cidade oferece. A agência de turismo De Passaporte preparou algumas campanhas para que você possa comprar passagens aéreas com descontos exclusivos e hospedagens com tarifas reduzidas. Acesse o site e prepare sua programação: depassaporte.com.br/lazer

    dmca-badge-w150-5x1-06

    Deixe seu comentário
  • Complexo Anhembi: um dos principais polos de eventos do Brasil

    São Paulo - Complexo AnhembiO Complexo Anhembi é o maior e mais completo local para eventos da América Latina. Situado na cidade de São Paulo – SP, o Complexo chega a englobar mais de 30% de todas as feiras de negócios e eventos que ocorrem no Brasil e 55% de todos os eventos da região Sudeste.
    A palavra “Anhembi” origina do Tupi Guarani, e significa “Rio das Anhumas”, que eram aves que migravam de Goiás em algumas épocas do ano e habitavam as margens do rio. O complexo conta com um pavilhão de eventos, um centro de convenções com diversas salas e halls amplos e ainda conta com uma arena de shows que comporta eventos esportivos, culturais, desfiles e exposições ao ar livre e que pode chegar a 35 mil pessoas.

    Alguns eventos importantes que ocorrem no Complexo Anhembi em 2019

    01. Biofach America Latina / Bio Brazil Fair – Considerado o maior evento do setor orgânico na América Latina e é uma referência para quem convive com esse mercado de produtos orgânicos e engloba alimentos, moda, cosméticos, produtos de higiene e serviços. Pelo porte do evento, ele promove muito networking e é a principal vitrine de novidades do setor.
    Quando: de 05 a 08 de Junho de 2019

    02. WA – Wide AwakeNão importa exatamente o que você deseja, se é vencer a procrastinação, achar seu propósito de vida, gerar alguma mudança real em qualquer área, ter clareza do que você quer ou desenvolver um plano para os próximos passos da sua vida. O WA é um evento vivencial e transformacional de um final de semana, com exercícios práticos baseados em técnicas cientificamente validadas e comprovadas desenvolvidas para que você consiga acessar todo seu poder interior, se libertando daquilo que possa estar impedindo você de ter a vida dos seus sonhos. Trata-se de um evento com visibilidade em veículos de comunicação como Exame, Forbes, CBN, G1, entre outros.
    Quando: de 03 a 05 de maio de 2019

    03. MBI – Mastery Business Intensive – Trata-se do maior seminário de desenvolvimento empresarial do Brasil. O evento ocorre em 03 dias com intensas atividades para despertar o empresariado para as profundas mudanças que podem ser necessárias para o negócio. O evento é recomendado para quem tem foco no resultado.
    Quando: de 24 a 26 de maio de 2019.

    04. GNAN VIDHI 2019 – Um evento de 03 dias, onde o Gnani Deepakbhai Desai estará – pela quarta vez no Brasil – trazendo aos brasileiros a oportunidade de passar pela Cerimônia do Gnan Vidhi: a Autorrealização em apenas 2 horas. O evento será um encontro com o líder espiritual Satsang com Deepakbhai – “satsang” quer dizer encontro com a “verdade”, em sânscrito; sessões de perguntas e respostas com o mestre onde os participantes terão a oportunidade de fazer perguntas e através das respostas, conhecer – ou aprofundar, para os que já receberam o Gnan –  a Ciência Espiritual do Akram Vignan. Um evento com forte teor espiritual.
    Quando: de 18 a 20 de junho de 2019.

    Momoland

    Momoland

    05. Momoland
    O evento será um show do grupo formado pela MLD Entertainment em 2016, o grupo estreou em 10 de novembro de 2016 com o lançamento do EP Welcome To Momoland” e tornou-se um dos principais expoentes da música coreana e que o mundo conhece mais como K-Pop. O grupo é um dos mais festejados dentro do estilo e aporta no Brasil pela segunda vez.
    Quando: 26 de junho de 2019.

    06. Congresso Internacional da Consulfarma – Trata-se de um dos maiores eventos do setor farmacêutico e em 2019 comemora sua 14ª edição. O evento reúne os maiores lançamentos em formulações, produtos e serviços, dita tendências e ajuda os profissionais do setor a trilhar seu caminho por pelo menos 12 meses. A ideia é gerar experiência entre farmácias, prescritores, fornecedores e gestores do setor.
    Quando: de 11 a 13 de julho de 2019.

    07. Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura – O SIAVS é o maior evento da avicultura e da suinocultura do Brasil. Com um aumento de 30% no tamanho na feira, a nova edição do SIAVS trará diversos lançamentos voltados para a cadeia produtiva. É a oportunidade do ano para quem busca investir em novas tecnologias para a produção. Entre compradores, técnicos, pesquisadores, consultores, estudantes, lideranças políticas e setoriais, são esperados milhares de participantes do Brasil e de outros países. O SIAVS será o ponto de encontro do setor produtivo em 2019.
    Quando: de 26 a 29 de agosto de 2019.

    08. Cachaça Trade Fair & Wine Trade Fair – Bem, aqui temos dois eventos que se uniram, já que o público que eles atingem é praticamente o mesmo. Temos o Cachaça Trade Fair, que é um evento voltado para um produto nacional e admirado em todo o mundo. A cachaça já é consumida no país há mais de 500 anos e só o seu consumo interno, já coloca a bebida como o quarto destilado mais consumido no mundo. Acontece que em mercados estrangeiros, a participação ainda é pequena. A ideia do evento é justamente fomentar esse mercado.
    Em paralelo, acontece também o Wine Trade Fair, um evento que reúne o mercado vitiviniculturista para uma troca de experiências e fomentar novos negócios. São eventos ideais para conhecer novos fornecedores e abrir novas portas.
    Quando: de 17 a 19 de setembro de 2019.

    09. Unhide Conference –Alex Oliver 2
    Esse evento nasceu da necessidade de mostrar o quanto o Brasil está inserido no mercado de artes digitais. A edição e 2018 contou com mais de 1700 participantes e profissionais da área de Digital Art do Brasil e do mundo. Ideal para quem está interessado ou já trabalha com essa vertente do mercado. Palestras, workshops, disputas e uma tonelada de atividades para integrar os profissionais e aquecer o mercado interno. Para essa edição, já estão confirmadas agências e ilustradores como Beeple, Vetor Zero, Grant Warwick, Alex Oliver (obra em destaque na foto), Josan Gonzalez, entre outros.
    Quando: de 27 a 29 de setembro de 2019.

    10. Exponeja 2019 – Trata-se do maior e mais importante evento sobre música sertaneja do Brasil. Uma reunião para tratar da música sertaneja como plataforma de negócios e seu impacto dentro do mercado fonográfico. Além disso, o evento traça as estratégias que serão utilizadas no ano que segue após o evento. Entendeu o motivo do mercado sertanejo ter dominado o Brasil? Vai perder?
    Quando: dias 08 e 09 de outubro de 2019.

    11. Posicionamento Estratégico Magazine Luiza – A Magazine Luiza é um grande case de sucesso dentro do marketing nacional. A empresa posicionou-se como uma das mais importantes da economia nacional, implementando novas ferramentas do marketing, totalmente antenado com as novas tendências mundiais. Esse evento funciona como um balanço do que foi feito e as estratégias que serão utilizadas no ano seguinte.
    Quando: 02 e 03 de novembro de 2019.

    A agência de turismo De Passaporte preparou um hotsite especialmente para atender esses eventos que ocorrem no Complexo Anhembi. São passagens com descontos exclusivos e hospedagens com tarifas reduzidas e próximas ao local.
    Basta acessar nosso hotsite e conferir as vantagens: depassaporte.com.br/anhembi/

    Deixe seu comentário