Icone Telefone

4003-3639
Número Único Nacional (custo de uma ligação local)

  • #6 DICA DE VIAGEM: Viajar com animais de estimação

    Apareceu uma boa oportunidade para aquela viagem que você vem se programando há muito tempo. Tudo foi organizado: passagens aéreas, reserva de hotel, malas prontas, roteiros turísticos… Não falta nada! Será que não falta mesmo? E o seu bichinho de estimação? Como que ele vai ficar?

    anuncio blog viajar com animais

    Se não for possível deixar seu animal de estimação em casa e o jeito será leva-lo para a viagem com vocês, algumas medidas importantíssimas devem ser levadas em consideração para que a viagem aconteça sem nenhum problema. Veja abaixo algumas dicas:

    Vai viajar de carro?

    Se a viagem for de carro, é importante seguir algumas recomendações dos veterinários para evitar qualquer transtorno com o animal:

    – A primeira delas é adaptá-lo ao carro; se ele já está acostumado, tudo bem, mas se ele nunca andou de carro, o ideal é dar algumas voltas nos dias que antecedem a viagem, assim, a adaptação será mais rápida;

    – Arranje um lugar apropriado dentro do veículo. Nada de lugares apertados, sem iluminação ou ventilação. O ideal é deixar seu bichinho dentro de uma caixa de transporte, apropriada para viagens, no banco de trás e presa ao cinto. Nunca deixe seu animal colocar a cabeça para fora do carro. Além de levar multa, o risco para a vida dele é muito alto;

    – Alimente seu animal de estimação com pelo menos duas horas de antecedência, evitando assim, qualquer desconforto intestinal devido o balanço do carro no qual ele não está acostumado;

    – Faça algumas paradas durante a viagem e dê algumas voltas com seu bichinho. Mas não se esqueça: não alimente antes da chegada ao destino final;

    – Ao final da viagem, alimente-o, mas sem exageros;

    – Caso você queira dar um medicamento para evitar enjoos, procure um veterinário. Nada de medicação por conta própria, isso não faz bem de jeito nenhum.

    Vai viajar de avião?

    Viajar de avião com animais de estimação requer mais do que o cuidado indicado por veterinários, pois você deve ficar cauteloso as regras das companhias aéreas e, no caso de viagens internacionais, às leis do país de destino.

    Veja abaixo algumas dicas (o ideal é que você busque se informar melhor junto à sua companhia aérea e com os órgãos competentes);

    – Não viaje com fêmeas grávidas;

    – Fique atento a idade do seu animal. Se ele já for mais velho, deixe-o sob cuidados de outras pessoas (ou em hotéis para animais), pois a viagem pode ser muito desgastante para ele;

    – Faça todos os exames antes da viagem e assegure a saúde de seu animal de estimação. Ande sempre com o GTA (Guia de Transporte de Animais) ou GZI (Certificado de Zoossánitario Internacional) em mãos, eles serão solicitados pelas companhias aéreas;

    – Entre em contato com a sua companhia área, veja as condições, agende sua viagem e evite transtornos de última hora. Lembre-se: cada empresa possui sua política, fique atento quanto às particularidades de cada uma delas;

    – Transporte seu animal em uma caixa de transporte adequada ao tamanho e peso. Lembre-se que, dependendo da viagem, o animal ficará preso por horas;

    – Alimente-o com 4 horas de antecedência da viagem, evitando assim, qualquer desconforto intestinal;

    – Durante o voo algumas empresas vão permitir que seu animal de estimação fique em sua companhia. Mas para isso, você deve seguir algumas recomendações exigidas pelas companhias. Volto a reforçar que você deve entrar em contato e conhecer a política de cada empresa;

    Criar um animal de estimação é uma grande responsabilidade, por isso, planeje suas viagens de férias (ou trabalho) sempre levando em consideração o bem estar de seu amigo. Pense na melhor opção para ele ficar bem e não deixe de aproveitar sua viagem devido às preocupações com seu animal de estimação.

    Fonte: www.falaturista.com.br, acessado em 19/08/2014

    Deixe seu comentário
  • #5 DICA DE VIAGEM: Como tirar o Visto

    Se você pretende viajar para o exterior é bom pesquisar se o seu país de destino exige visto. O visto é um documento exigido por determinados países para conceder autorização de entrada em suas fronteiras a cidadãos de outras nacionalidades.

    anuncio como tirar o visto

    Em geral, os vistos são carimbados ou anexados ao passaporte e determinam o período de tempo da visita e sua finalidade (turismo, negócios etc.). Esse não é o caso, por exemplo, dos países membros da União Europeia como Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Portugal e vários outros, os quais exigem apenas a apresentação do passaporte.

    Já nos países da América do Sul, os brasileiros podem viajar apenas com a carteira de identidade (exceto a Guiana Francesa).

    Para conseguir o visto ou a entrada em alguns países, é necessário apresentar o certificado internacional de vacinação contra febre amarela que possui validade de dez anos e é fornecida gratuitamente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária aos postos de saúde ou nos principais aeroportos do país, dez dias antes da viagem, no mínimo.

     

    Deixe seu comentário
  • #4 DICA DE VIAGEM: Como tirar o passaporte

    O passaporte emitido pela Polícia Federal é o principal documento na hora de viajar para o exterior. Ele identifica o cidadão brasileiro em outros países e permite a entrada e a saída pelos portos, aeroportos e vias de acesso internacional.

    anuncio blog tirar o passaporte

    Confira os documentos exigidos na hora de emitir ou renovar o Passaporte:

    – Documento de identidade (como carteira de identidade, habilitação ou militar);

    – CPF;

    – Certidão de casamento (quem casou e mudou de nome);

    – RG ou certidão de nascimento (para menores de 18 anos);

    – Título de eleitor e comprovantes de votação nos dois turnos (se houve) da última eleição. Na falta deles, leve uma declaração da Justiça Eleitoral que prove que está quite com as obrigações eleitorais;

    – Certificado de reservista ou uma declaração da Junta Militar de que está quite com o Serviço Militar para os homens entre 18 e 45 anos;

    – Certificado de naturalização para os naturalizados;

    – Comprovante de preenchimento do formulário online;

    – Comprovante do pagamento da guia (GRU);

    – Passaporte anterior (quando houver)

    A maioria dos países exige que o passaporte tenha no mínimo 6 meses de validade. Por isso, é aconselhável renovar o documento antes de ele expirar.

    Deixe seu comentário